Brasileiro disputa concurso do Departamento de Estado Americano

Criador do Livox, ferramenta de comunicação alternativa, pode apresentar software no Bahrein

São Paulo

O brasileiro Carlos Pereira, que criou o Livox, ferramenta que auxilia pessoas com deficiências na fala a se comunicarem, disputa um concurso do Departamento de Estado Americano que irá levar 24 dos 80 concorrentes ao Congresso Global de Empreendedorismo, no Bahrein.

Pereira integra a Rede Folha de Empreendedores Socioambientais. Ele venceu o Prêmio Empreendedor Social 2016 pela inovação do software desenvolvido para levar mais qualidade de vida a pessoas com deficiências ou dificuldades de se comunicar, como sua filha, Clara, que teve paralisia cerebral.

No concurso americano, o Global Innovation Through Science and Technology (Inovação Global Através de Ciência e Tecnologia, em tradução livre), ele precisa conquistar o maior número de votos possível para ficar entre as primeiras colocações.

Para votar, é preciso acessar o site, que está em inglês, mas oferece uma tradução em português (imagem abaixo). Na sequência, é necessário fazer um cadastro –apenas na primeira vez, depois apenas o login é pedido– e confirmar o registro por email. Uma vez a validação feita, deve-se retornar ao site, fazer login, procurar pelo Livox no campo disponível e votar.

Site do Global Innovation Through Science and Technology para votação de concurso do qual o Livox, iniciativa que integra a Rede Folha de Empreendedores Socioambientais, participa
Site do Global Innovation Through Science and Technology para votação de concurso do qual o Livox, iniciativa que integra a Rede Folha de Empreendedores Socioambientais, participa - Reprodução

Após vencer o prêmio em 2016, Pereira integrou a Rede Schwab de Empreendedores Sociais, foi ao Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, recebeu convite para desafio do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) e continua a expansão do Livox nos Estados Unidos. 

Saiba mais sobre a iniciativa e a história de Carlos Pereira no vídeo abaixo, produzido para o Prêmio Empreendedor Social.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.