Diretora da Plataforma Científica Pasteur-USP estreia coluna na Folha

A biomédica Paola Minoprio escreverá toda segunda-feira

São Paulo

Paola Minoprio, biomédica e diretora da Plataforma Científica Pasteur-USP, estreia nesta segunda (20) sua coluna semanal, às segundas, na Folha.

“Eu sou boa para escrever paper [pesquisa científica]”, diz a biomédica. “Eu sou cientista. Não consigo falar algo que não seja baseado em dados.”

Por isso, os textos de Minoprio devem seguir o caminho da evidência científica. A primeira coluna fala sobre “a ética na ciência e a ciência da ética”.

Paola Marcella Camargo Minoprio apoiando a cabeça sobre dois dedos
Paola Marcella Camargo Minoprio, cientista e colunista da Folha - Arquivo pessoal

A pesquisadora voltou recentemente ao Brasil após cerca 35 anos na França, como pesquisadora do Instituto Pasteur —a primeira brasileira concursada no centro de pesquisa.

Minoprio começou sua formação na Universidade de Mogi das Cruzes, fez mestrado na USP e partiu para Paris em busca do doutorado em imunologia.

No Pasteur, é diretora de pesquisa do Departamento de Saúde Global e se dedicou à pesquisa de tripanossomatídeos, como leishmanias e o responsável pela Doença de Chagas, o Trypanosoma cruzi.

De volta ao Brasil, tem a missão de tocar a Plataforma Científica Pasteur-USP, o primeiro centro do Instituto Pasteur no Brasil. Pelo momento histórico, o local está exclusivamente voltado à pesquisa do Sars-CoV-2.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.