Descrição de chapéu Coronavírus

Quarentena reduziu em quase 80% taxa de contágio do coronavírus na Áustria

Informação foi divulgada pelo governo do país, que começou a relaxar isolamento social com reabertura de lojas

Bruxelas

As medidas de lockdown na Áustria reduziram a taxa de contágio do novo coronavírus em quase 80%, afirmou nesta quarta-feira (15) o Ministério da Saúde, de 3 para 0,68 —ou seja, na média, cada pessoa infectada transmite o vírus para 0,68 pessoa.

A baixa velocidade de transmissão é considerada um dos principais critérios para relaxar medidas de isolamento social. Nesta terça (14), a Áustria permitiu a reabertura de lojas com menos de 400 metros quadrados, limitando o número de clientes a 1 por 20 metros quadrados.

Pedestres em rua de Viena, na Áustria, após reabertura de parte das lojas no país
Pedestres em rua de Viena, na Áustria, após reabertura de parte das lojas no país - Guo Chen/Xinhua

Com 4,3 mortes por 100 mil habitantes até a manhã desta quarta, a Áustria registrou o primeiro caso de coronavírus em 26 de fevereiro, mas começou a implantar medidas de isolamento antes da primeira morte, em 12 de março. O lockdown foi decretado em 16 de março e, desde 6 de abril, é obrigatório o uso de máscaras na rua.

O país testou 1.685 pessoas por 100 mil habitantes e implantou um estudo aleatório para rastrear tanto infectados quanto portadores de anticorpos (que já teriam reagido ao coronavírus e, supostamente, ficado imunes).

O número divulgado nesta quarta vale para os 13 dias encerrados na segunda-feira. O ministério afirmou que vai acompanhar de perto a evolução do contágio após a reabertura de parte das lojas, para balizar próximas decisões.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.