Descrição de chapéu Coronavírus

Sete capitais têm megaferiado na Semana Santa

Há toque de recolher no Rio, Salvador e outras 12 capitais; Macapá mantém lei seca até quarta (31)

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro , Salvador , Curitiba , Belo Horizonte, São Paulo e Brasília

Além de São Paulo e Rio de Janeiro, ao menos outras cinco capitais decretaram megaferiado ao longo de toda esta Semana Santa ou pontos facultativos em alguns dias, antecipando futuros feriados. A medida tenta frear a aglomeração para conter a escalada de mortes por Covid-19.

João Pessoa decidiu antecipar feriados de segunda (29) a sexta (2). Terão pontos facultativos e feriados apenas em alguns dias dessa semana Vitória, Teresina, Natal e Belém.

Vão manter toque de recolher pela noite e madrugada as cidades de Rio, Belo Horizonte, Curitiba, Salvador, Maceió, Fortaleza, Aracaju, João Pessoa, Belém, Porto Velho, Rio Branco, Macapá, Cuiabá e Campo Grande. Bares e restaurantes na maioria das capitais só poderão funcionar com sistema drive-thru ou retirada na porta.

SUDESTE

São Paulo

Feriado: de sexta (26) a domingo (4)

Toque de recolher: das 20h às 5h todos os dias

Bares e restaurantes: fechados, exceto para drive-thru e entrega

Comércio de rua, shoppings e academias: fechados

O que pode abrir: supermercados, farmácias e padarias (sem consumo no local)​

Rio de Janeiro

Feriado: de sexta-feira (26) a domingo (4)

Toque de recolher: das 23h às 5h todos os dias

Bares e restaurantes: fechados, exceto para entrega e retirada

Comércio de rua, shoppings e academias: fechados, exceto serviços considerados essenciais

O que pode abrir: supermercados, farmácias, pet shops, lojas de construção, lavanderias, bancos, feiras livres, postos de combustível, hotéis, entre outros

Belo Horizonte

Feriado: só na sexta (2)

Toque de recolher: das 20h às 5h

Bares e restaurantes: só podem funcionar por entrega ou drive-thru

Comércio de rua e shoppings: estão fechados para venda presencial, podendo fazer entrega ou drive-thru. As academias estão proibidas.

O que pode abrir: farmácias, serviços de saúde, agências bancárias, lotéricas, postos de combustíveis, supermercados

Vitória

Feriado: a partir de terça-feira

Toque de recolher: não há

Restaurantes: só podem funcionar por entregas, exceto aqueles localizados em aeroportos, no interior de hotéis ou pousadas e às margens de rodovias estaduais. Bares apenas por entrega

Shoppings, comércio e academias: estão fechados; algumas lojas podem funcionar com entregas

O que pode abrir: farmácias, supermercados, serviços de saúde

SUL

Porto Alegre

Feriado: só na sexta

Toque de recolher: não há, mas atividades não essenciais estão suspensas das 20h às 5h

Bares e restaurantes: abertos, com 25% de capacidade, das 5h às 18h; das 18h às 20h, somente para retirada e delivery; e das 20h às 5h, somente delivery; fechados nos finais de semana

Comércio de rua e shoppings: abertos, com restrições, das 5h às 20h; das 20h às 5h, somente delivery; fechados nos finais de semana

Academias: abertas exclusivamente para atividade individual com fins de manutenção da saúde, com duas pessoas para cada profissional

O que pode abrir: farmácias, supermercados, comércio de materiais de construção, bancos (50% da capacidade), igrejas e templos (com 10% da capacidade e no máximo 30 pessoas), indústria, hotéis (com 50% ou 30% da capacidade, a depender da classificação) entre outros

Florianópolis

Feriado: só na sexta

Toque de recolher: não há

Bares e restaurantes: abertos com 25% da capacidade, restrições de horários de funcionamento e de comercialização de bebidas alcoólicas

Comércio de rua, shoppings e academias: abertos com 25% da capacidade e restrições de horário de funcionamento por escalonamento

O que pode abrir: supermercados, farmácias, postos de combustível, hotéis, estabelecimentos da modalidade tele-entrega, parques temáticos, piscinas, cinemas e teatros, circos e museus, igrejas e templos, entre outros (com 50% da capacidade)

Curitiba

Feriado: só na sexta

Toque de recolher: das 20h às 5h

Bares e academias: fechados

Restaurantes: apenas delivery, drive-thru e retirada, das 10h às 22h

Comércio de rua: apenas delivery e drive-thru, de segunda a sábado, das 9h às 19h

Shoppings: apenas delivery, de segunda a sábado, das 9h às 19h

O que pode abrir: supermercados, farmácias, comércio de produtos e alimentos para animais, postos de combustível (não estendido a conveniência), hotéis e call center (com 50% da capacidade), igrejas e templos (com 15% da capacidade), entre outros

NORDESTE

Salvador

Feriado: apenas na sexta-feira (2)

Toque de recolher: das 18h às 5h todos os dias

Bares e restaurantes: fechados, exceto para entrega e retirada

Comércio de rua, shoppings e academias: fechados, exceto serviços considerados essenciais

O que pode abrir: supermercados, farmácias, pet shops, postos de combustível, dentre outros

Maceió

Feriado: apenas na sexta-feira (2)

Toque de recolher: das 21h às 5h todos os dias

Bares e restaurantes: fechados, exceto para entrega e retirada

Comércio de rua, shoppings e academias: shoppings e comércio não essencial fechado, academias abertas com restrições

O que pode abrir: supermercados, farmácias, academias, postos de combustível, entre outros

Aracaju

Feriado: apenas na sexta-feira (2)

Toque de recolher: das 18h às 5h todos os dias

Bares e restaurantes: fechados, exceto para entrega e retirada

Comércio de rua, shoppings e academias: abertos, mas com restrições

O que pode abrir: comércio em geral

Fortaleza

Feriado: apenas na sexta-feira (2)

Toque de recolher: das 20h às 5h, de segunda a sexta-feira, e das 19h às 5h aos sábados e domingos

Bares e restaurantes: fechados, exceto para entrega e retirada

Comércio de rua, shoppings e academias: shoppings e comércio não essencial fechado, academias abertas com restrições

O que pode abrir: supermercados, farmácias, pet shops, postos de combustível, entre outros

Recife

Feriado: apenas na sexta-feira (2)

Toque de recolher: não há

Bares e restaurantes: fechados, exceto para entrega e retirada

Comércio de rua, shoppings e academias: fechados, exceto serviços considerados essenciais

O que pode abrir: supermercados, postos de combustível, farmácias, eentre outros

João Pessoa

Feriado: de segunda-feira (29) até sexta-feira (2)

Toque de recolher: das 22h até 5h

Bares e restaurantes: fechados, exceto para entrega e retirada

Comércio de rua, shoppings e academias: fechados, exceto serviços considerados essenciais

O que pode abrir: supermercados, postos de combustível, farmácias, entre outros

Natal

Feriado: só na sexta; ponto facultativo na quinta-feira

Toque de recolher: não há

Bares e restaurantes: podem funcionar só com entrega

Shopping centers estão fechados, assim como as academias. Comércio de rua só pode funcionar o que é considerado serviço essencial
P

odem funcionar: supermercados, farmácias, lojas de material de construção, hotéis e similares

Teresina

Feriados: antecipou no estado para sexta (26) e terça (30); ponto facultativo na segunda (29) e quinta (1). Teresina antecipou feriado de aniversário da cidade para quarta (31)

Toque de recolher: proíbe circulação de pessoas das 21h às 5h

Bares e restaurantes funcionam apenas por delivery ou retirada no local

Comércio de rua, shoppings e academias ficam fechados

Funcionam: farmácias, supermercados, lojas de conveniência de postos de combustíveis, bancos e hotéis (com atendimento exclusivo aos hóspedes)

São Luís

Feriado: só antecipou o feriado de sexta (26)

Toque de recolher: não há

Bares e restaurantes: de segunda (29) a domingo (4) podem funcionar com 50% de lotação

Comércio: pode abrir das 9h às 21h; academias até domingo (4) também só podem funcionar com até 50% do público


NORTE

Manaus

Feriado: apenas na sexta-feira (2)

Toque de recolher: não há

Bares e restaurantes: funcionam com restrição de horários

Comércio de rua, shoppings e academias: funcionam com restrição de horários

O que pode abrir normalmente: supermercados, postos de combustível, farmácias, entre outros

Belém

Feriado: só na sexta; ponto facultativo na quinta

Toque de recolher das 21h às 5h, a partir de terça-feira (30)

Restaurantes: a partir de terça (30), podem funcionar até às 18h, com 50% da capacidade. Bares seguem fechados

Shoppings: podem funcionar das 11h às 20h, exceto praças de alimentação que fecham às 18h. O comércio de rua funciona das 9h às 17h; a partir de terça-feira (30), as academias podem funcionar até às 20h, sem atividades coletivas.

Macapá

Feriado: só na sexta

Toque de recolher: das 20h às 6h; lei seca até o dia 31/3

Bares: estão suspensos; restaurantes e similares podem funcionar apenas por entrega (delivery)

Shoppings e academias: estão fechados até 31/3. Não há atendimento presencial no comércio, mas alguns segmentos podem trabalhar com entrega. Supermercados funcionam das 7h às 13h e de miniboxes (mercados menores) das 10h às 18h

Podem funcionar supermercados e atacarejos, farmácias, postos de gasolina, açougue, feiras fechas e livres, funerárias, entre outros

Porto Velho

Feriado: só na sexta

Toque de recolher: das 21h até 6h

Bares e restaurante: fechados, exceto para entrega e retirada

Comércio de rua, shoppings e academias: fechados, exceto serviços considerados essenciais. Academias podem funcionar com limitação de público.

O que pode abrir: supermercados, postos de combustível, farmácias, entre outros

Boa Vista

Feriado: só na sexta

Toque de recolher ou lockdown: não estão vigentes

Bares e restaurantes: abertos; podem funcionar das 6h às 22h

Comércio de rua, shoppings e academias: abertos com restrição de horário

O que pode abrir: tudo. Atividades essenciais podem funcionar das 6h às 22h; as não essenciais, das 8h às 22h

Rio Branco

Feriado: só na sexta

Toque de recolher e lockdown: é proibido estar na rua das 22h às 5h, e há lockdown nos finais de semana e feriados

Bares e restaurantes: nos dias úteis bares ficam abertos até as 20h e restaurantes, até as 22h; após esse horário, apenas delivery

Comércio de rua, shoppings e academias: abertos com restrição de horário nos dias úteis

O que pode abrir: nos dias úteis, tudo; aos finais de semana e feriados, apenas atividades essenciais

Palmas

Feriado: só na sexta

Toque de recolher: não há, mas está proibido o uso de espaços públicos, como parques e praças. Atendimento presencial de atividades não essenciais está suspenso

Bar e restaurante: até quinta (2), funcionam apenas por delivery ou retirada no local

Comércio não essencial: só para entrega em domicílio ou retirada no local. Academias estão proibidas

Podem funcionar com atendimento presencial: farmácias, supermercados e hotéis

CENTRO-OESTE

Distrito federal

Feriado: ponto facultativo na quinta-feira (1)

Toque de recolher: entre 22h e 5h

A venda de bebidas alcoólicas permanece proibida após as 20h.

Bares e restaurantes: Podem abrir para consumo no local das 11h às 19h

Comércio de rua, shoppings e academias: lojas de rua podem abrir das 11h às 20h; Os shoppings, das 13h às 21h; e as academias, das 6h às 21h –com a proibição de aulas coletivas.

Cuiabá

Feriado: apenas na sexta

Toque de recolher: das 21h às 5h

Bares e restaurantes: fechados, exceto para delivery

Comércio: aberto até 19h, diariamente, e fechamento após as 12h aos sábados e domingos

O que pode abrir: farmácias, supermercados serviços de saúde, funerárias, postos de combustíveis e indústrias

Goiânia

Feriado: ponto facultativo na quinta-feira (1)

Não há toque de recolher

Bares e restaurantes: a partir de 4ª (31), poderão ter lotação de 50% da capacidade e música ao vivo (dois músicos), das 11h às 23h

Comércio: abrirá a partir de 4ª (31) das 9h às 17h; shoppings, das 10h às 22h

O que pode abrir: atividades funcionarão no sistema 14 por 14 (14 dias de funcionamento seguidos de 14 de suspensão)​

Campo Grande

Feriado: só na sexta (antecipou feriados na semana anterior, de 22 a 25 de março)

Toque de recolher: das 20 às 5h nos dias úteis; das 16h às 5h nos finais de semana

Bares e restaurantes: fechados, exceto para entrega e retirada

Comércio de rua e shoppings: fechados, exceto para entrega e retirada​

Academias: fechadas

O que pode abrir: supermercados, farmácias, igrejas, postos de combustíveis, bancos (apenas para autoatendimento e pagamento de benefícios), call center, hotéis, entre outros (todos com limitação de 50% de público)

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.