Descrição de chapéu Futebol Internacional

Homenagens a Mussolini e racismo marcam vitória da Lazio sobre o Milan

Torcedores do clube de Roma homenagearam o ex-ditador italiano antes da partida

São Paulo | UOL

A Lazio eliminou nesta quarta-feira (24) o Milan da semifinal da Copa da Itália, em um jogo com mais destaques fora das quatro linhas do que dentro.

Enquanto a equipe azul e branca vencia por 1 a 0, nas arquibancadas cânticos racistas eram entoados contra Tiemoué Bakayoko. Além dele, Franck Kessié era vaiado cada vez que pegava na bola. Os dois jogadores do Milan são negros.

Bakayoko, do Milan, foi alvo novamente de cânticos racistas dos torcedores da Lazio
Bakayoko, do Milan, foi alvo novamente de cânticos racistas dos torcedores da Lazio - Alberto Lingria/Xinhua

Os ataques a Bakayoko começaram ainda antes do jogo. Nos arredores do San Siro, estádio do Milan, torcedores da Lazio já entoavam cânticos racistas. O problema com o jogador começou no último dia 13, quando ele comemorou a vitória do Milan sobre a Lazio, no Campeonato Italiano, exibindo uma camisa de Francesco Acerbi, que joga no time de Roma e havia declarado antes do jogo que sua equipe venceria a partida. 

No duelo desta quarta, o sistema de som do estádio foi utilizado para avisar que o jogo poderia ser interrompido caso os cânticos continuassem. O anúncio de nada adiantou, e os torcedores da Lazio seguiram com os ataques.

Os cânticos racistas não foram os únicos problemas apresentados pela torcida da Lazio em Milão. Também antes de a bola rolar, um grupo de torcedores do clube foi às ruas da cidade fazer uma homenagem ao líder fascista Benito Mussolini, morto em 1945.

"Honra a Benito Mussolini", dizia uma faixa estendida pelos torcedores da Lazio, que ainda gritaram palavras de ordem durante a manifestação, que aconteceu na Piazza Loreto, local onde o corpo do ditador foi exposto após a morte. O grupo foi identificado como "Irriducibili", um dos mais extremistas do país.

Com a bola rolando, a vitória da Lazio por 1 a 0 foi definida aos 13 minutos do segundo tempo, com gol do argentino Joaquín Correa. O Milan chegou a balançar as redes com Cutrone, mas o gol foi anulado por impedimento. O brasileiro Lucas Paquetá ficou no banco de reservas do clube rubro-negro e não jogou.

Agora, a Lazio espera o vencedor de Atalanta e Fiorentina para saber quem enfrentará na final da Copa Itália. As duas equipes jogam nesta quinta (25), às 15h45 (de Brasília).

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.