Atlético-GO acerta empréstimo de Jean, acusado de agredir esposa

São Paulo havia suspendido contrato do goleiro até o fim do ano e o liberado

São Paulo

De volta à Série A do Campeonato Brasileiro em 2020, o Atlético-GO anunciou nesta segunda-feira (13) a chegada por empréstimo do goleiro Jean, 24, que pertence ao São Paulo. O atleta assinou contrato com o clube goiano até o fim deste ano.

Acusado em dezembro de ter agredido sua esposa, Milena Bemfica, durante férias nos Estados Unidos, o jogador teve seu contrato suspenso pelo clube tricolor na última quinta-feira (9)

A suspensão, de acordo com o São Paulo, vai até o fim do ano, e nesse período ele estaria liberado para negociar com outros clubes. O goleiro tem vínculo com a equipe paulista até 2022.

Jean está no São Paulo desde 2018, quando foi contratado do Bahia
Jean está no São Paulo desde 2018, quando foi contratado do Bahia - Ronny Santos/Folhapress

Nesta segunda, o presidente executivo do Atlético-GO, Adson Batista, comentou contratação do goleiro.

"Estou aqui para comunicar vocês que o Atlético-GO contratou o Jean, goleiro do São Paulo. Ele teve um problema familiar, que nós não apoiamos. Entendemos que é um grande atleta, é uma grande oportunidade. Sou amigo do empresário dele, Paulo Pitombeira, e conseguimos efetivar a contratação", disse o dirigente.

"Todo ser humano merece ter oportunidades na vida. Todos nós erramos e o Atlético-GO vai dar todo o respaldo para que ele possa conseguir retomar sua carreira. Eu acredito muito no profissional, tive uma conversa muito boa, muito verdadeira com o atleta e estou confiante que ele vai nos ajudar muito", completou.

A denúncia de agressão foi feita pela esposa de Jean em vídeos postados em seu Instagram. Ela disse ter sigo agredida pelo goleiro durante as férias do casal em Orlando, na Flórida (EUA).

Jean foi preso no condado de Orange, acusado de violência doméstica, mas acabou solto após pagamento de fiança.

No documento de soltura, a decisão do juiz foi de que o goleiro não pode ter qualquer tipo de contato com a vítima, sua esposa, nem sequer deixar um bilhete ou um recado por intermediários. A única exceção é em caso de autorização por uma ordem judicial.​ Ele também só poderá entrar em contato com suas duas filhas por meio de terceiros, não diretamente.

No São Paulo desde 2018, Jean nunca chegou a se firmar na posição de titular e fez 19 jogos no total (com apenas uma apresentação em 2019).

Jean chegou a estar na mira do Ceará, outro time da elite nacional, segundo o site GloboEsporte.com. A reação negativa de torcedores cearenses na internet, que colocaram as hashtags #JeanNao e #JeanNoCearaNão entre as mais comentadas do Twitter, fez com que a diretoria do clube alvinegro desistisse de sua contratação.

No Twitter do Atlético-GO, torcedores do clube goiano e de outras equipes reagiram ao anúncio da contratação do goleiro nesta segunda.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.