Descrição de chapéu Dias Melhores

Magic Johnson empresta US$ 100 milhões a pequenos negócios de minorias

Ex-atleta quer ajudar empresas afetadas pela pandemia, especialmente de mulheres

São Paulo

Ídolo do Los Angeles Lakers e cinco vezes campeão da NBA, o ex-jogador de basquete Magic Johnson, 61, colocará US$ 100 milhões (R$ 565 milhões) em capital à disposição de pequenas empresas que tenham sido afetadas pela pandemia do novo coronavírus.

A ideia é oferecer, por meio de sua empresa de seguros, a EquiTrust, empréstimos aos donos desses negócios, com atenção especial para as mulheres empresárias.

Magic Johnson foi o presidente do Los Angeles Lakers de 2017 a 2019
Magic Johnson foi o presidente do Los Angeles Lakers de 2017 a 2019 - Meg Oliphant - 20.set.2018/AFP

Para isso, Magic está trabalhando em conjunto com a MBE Capital Partners, empresa de serviços financeiros especializada em pequenas e médias empresas.

"Isso vai permitir a eles que mantenham seus empregados e suas portas abertas", disse o ex-atleta em entrevista ao programa Squawk Box, da CNBC, na última terça-feira (19).

"Esses são negócios incríveis, negócios pequenos, que formam o pilar de nossa comunidade e que também empregam muitas pessoas negras", afirmou.

Membro do Hall da Fama da NBA, Magic Johnson possui uma série de investimentos fora do esporte. Recentemente, ele ficou surpreso com o pedido de empréstimo emergencial feito pelo Los Angeles Lakers, equipe que defendeu entre o fim da década de 1970 e o início dos anos 1990, ao governo norte-americano para mitigar os efeitos da pandemia.

De acordo com o ex-jogador, também campeão olímpico com o Dream Team nos Jogos de Barcelona em 1992, o valor já foi devolvido pela agremiação.

"Eles fizeram o certo [em devolver]. Jeanie Buss é uma grande proprietária, e ela é esperta, então estou feliz que devolveu o dinheiro porque há muitas empresas que realmente precisam dele, e ela foi esperta o suficiente para entender isso", disse Johnson.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.