Descrição de chapéu Velocidade

Mick Schumacher, filho de Michael, terá 1º chance em treino da F-1

Piloto de 21 anos guiará carro da Alfa Romeo em sessão de treinos livres na Alemanha

AFP

Mick Schumacher, 21, filho do heptacampeão Michael Schumacher, participará da primeira sessão de treinos livres do Grande Prêmio de Eifel da F-1, no circuito de Nürburgring, na Alemanha, em 9 de outubro. Ele irá às pistas com um carro da equipe Alfa Romeo.

Atualmente na liderança do campeonato de Fórmula 2, Mick Schumacher é candidato a ocupar um dos assentos dessa escuderia em 2021.

Será a segunda vez do alemão no volante de um carro da F-1 moderna. Em abril de 2019, ele participou de um dia de testes de pré-temporada no circuito do Bahrein.

Há duas semanas, deu uma volta antes do milésimo Grande Prêmio da Ferrari, no circuito de Mugello, na Itália, com o carro usado por seu pai na conquista do seu último título de campeão mundial, em 2004.

"O fato de minha primeira participação em um fim de semana de Grande Prêmio acontecer na frente do meu público em Nürburgring torna esse momento ainda mais especial", disse Mick Schumacher em comunicado da Alfa Romeo.

Mick Schumacher, de máscara, camisa e bonés vermelhos, acena para foto
Mick Schumacher nos boxes da Ferrari no GP de Mugello, quando correu o carro usado por seu pai - Jennifer Lorenzini - 13.set.20/AFP

O alemão vai dirigir o carro do italiano Antonio Giovinazzi. Nem ele nem seu parceiro, o finlandês Kimi Räikkönen, renovaram até o momento seus contratos para 2021 com a Alfa Romeo, que usa motores Ferrari.

Mick Schumacher faz parte da Ferrari Young Drivers Academy. A empresa disse que mais dois de seus membros também estrearão em treinos livres durante as próximas corridas de F-1.

O britânico Callum Ilott e o russo Robert Shwartzmann, ambos de 21 anos e que disputam a F-2, guiarão carros da equipe americana Haas, que também usa motores Ferrari.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.