Descrição de chapéu Futebol Carioca

Flamengo demite técnico Domènec Torrent após goleadas

Espanhol não resiste a duas duras derrotas no Brasileiro, e clube escolhe Ceni como alvo

São Paulo

O espanhol Domènec Torrent, 58, não é mais o técnico do Flamengo. O clube carioca divulgou a informação sobre a demissão em suas redes sociais na tarde desta segunda-feira (9), um dia após o time ter sido goleado por 4 a 0 pelo Atlético-MG, no Campeonato Brasileiro.

"O Clube de Regatas do Flamengo informa que Domènec Torrent e sua comissão técnica não comandam mais o time principal do clube. A atividade da equipe principal da próxima terça-feira (10) será comandada por Maurício Souza", diz a breve nota da diretoria rubro-negra.

No fim de semana anterior, a equipe já havia sofrido outra goleada, por 4 a 1, para o São Paulo, também no Brasileiro. No meio de semana, bateu o Athletico por 3 a 2 e garantiu vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Está ainda nas oitavas de final da Libertadores e disputa o título do Nacional (atualmente na terceira posição, 1 ponto atrás do líder Internacional).

Domènec Torrent em jogo do Flamengo contra o Inter, pelo Brasileiro
Domènec Torrent em jogo do Flamengo contra o Inter, pelo Brasileiro - Edison Vara - 25.out.20/Reuters

As derrotas elásticas e a dificuldade para encontrar soluções para o sistema defensivo do time, no entanto, falaram mais alto e decretaram a queda do catalão pouco mais de três meses depois da sua contratação.

Dome, como ficou conhecido, foi anunciado pelo Flamengo em 31 de julho, com contrato de um ano e meio. Ele foi o escolhido pela diretoria para substituir o português Jorge Jesus, que decidiu voltar para o Benfica (POR) após conquistar cinco títulos desde a metade de 2019 (incluindo Brasileiro e Libertadores) e perder apenas quatro jogos no período.

"Quero agradecer aos jogadores, porque com eles compartilhamos muitas horas de trabalho, alegrias das vitórias, as dores das derrotas. [...] Meu agradecimento em especial a esta grande torcida. Obrigado, Nação Rubro Negra! Vocês ficarão pra sempre em meu coração", escreveu nas redes sociais.

O espanhol comandou a equipe em 24 partidas, com 14 vitórias, 4 empates e 6 derrotas (64% de aproveitamento).

Além das duas goleadas recentes sofridas, o Flamengo também perdeu para Independiente del Valle, na fase de grupos da Libertadores, por 5 a 0, e para o Atlético-GO, na segunda rodada do Brasileiro, por 3 a 0.

Passado um começo irregular de trabalho e antes de serem goleados pelo São Paulo, os cariocas vinham num bom momento em campo, mesmo com desfalques gerados por um surto de Covid-19 e lesões de atletas importantes, como o atacante Gabriel.

Ex-auxiliar de Pep Guardiola no Barcelona (ESP), no Bayern de Munique (ALE) e no Manchester City (ING), Dome havia tido sua última experiência no futebol como treinador principal do New York City (EUA), da Major League Soccer, cargo que ocupou de 2018 a 2019.

Ele sabia desde o início das negociações que não era a primeira opção da diretoria rubro-negra, mas o alvo principal do clube, o português Carlos Carvalhal, optou por seguir na Europa e assinou com o Braga (POR).

A prioridade agora passa a ser Rogério Ceni, que está empregado no Fortaleza. O Flamengo não considera que o pagamento da multa rescisória (no valor de R$ 1 milhão) ou o acerto de salários seja um problema. Assim, tudo dependeria da vontade do profissional em deixar novamente a equipe que o projetou como técnico.

Em 2019, quando também comandava o Fortaleza, Ceni saiu para dirigir o Cruzeiro no meio do campeonato. Ele foi demitido depois de menos de dois meses e posteriormente voltou ao time cearense.

O próximo compromisso do Flamengo será novamente diante do São Paulo, desta vez pela partida ida das quartas de final da Copa do Brasil, na quarta (11), às 21h30.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.