Descrição de chapéu Futebol Internacional

Maradona está sedado para atenuar sintomas de abstinência

'Diego é muito difícil', afirmou seu médico nesta sexta-feira (6)

Buenos Aires | Reuters

Diego Maradona, 60, foi sedado por médicos para ajudá-lo a lidar com sintomas de abstinência e permanecerá no hospital, embora queira ir embora, disse seu médico pessoal nesta sexta-feira (6).

“Ele quer ir embora, mas vai ficar”, disse Leopoldo Luque a repórteres em um breve pronunciamento fora da clínica em Buenos Aires em que Maradona está sendo tratado. “Essa foi uma das poucas vezes em que Diego ouviu um não.”

Luque afirmou que o ex-jogador argentino está sendo mantido na clínica após sofrer alguns “episódios de confusão” devido a uma abstinência forçada.

Luque não disse do que Maradona estava se abstendo, mas o argentino já travou batalhas popularmente conhecidas contra a bebida e o vício em drogas.

O ex-jogador foi levado ao hospital na terça-feira e passou por uma cirurgia de emergência para um hematoma subdural, um coágulo de sangue no cérebro.

Diego Maradona em sua apresentação como técnico do Gimnasia La Plata
Diego Maradona em sua apresentação como técnico do Gimnasia La Plata - Agustin Marcarian - 8.set.19/Reuters

Luque afirmou que Maradona foi “sedado para ajudar a facilitar o processo” de abstinência.

“Diego é muito difícil, muito difícil”, acrescentou. “Vocês não conseguem imaginar. Estamos tentando ser mais fortes do que ele.”

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.