Final da Champions League é transferida de Istambul para o Porto

Alteração permitirá torcedores de Manchester City e Chelsea no estádio em Portugal

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Reuters

A final da Champions League entre Manchester City e Chelsea, em 29 de maio, foi transferida de Istambul, na Turquia, para o Porto, em Portugal.

O objetivo é que os torcedores dos clubes ingleses possam viajar sem as restrições impostas pelo país por causa da pandemia de Covid-19, disse a Uefa (federação europeia) nesta quinta-feira (13).

A final estava marcada para o estádio Ataturk, mas a Turquia foi colocada na semana passada na "lista vermelha" de viagens do Reino Unido, o que significaria que nenhum torcedor inglês poderia ir ao jogo e voltar sem cumprir rígida quarentena. Por isso a partida ocorrerá agora no Estádio do Dragão.

Visão aberta do estádio antes de partida
Estádio do Dragão, onde atua o Porto, receberá a final da Champions League - Rafael Marchante - 17.abr.19/Reuters

Portugal, que no ano passado sediou toda a fase final da Champions League, em Lisboa, entrará na “lista verde” do governo britânico a partir de 17 de maio.

A Uefa informou que cada clube receberá 6.000 ingressos, que deverão estar à venda a partir desta quinta. A capacidade total para a partida ainda não foi confirmada.

Houve discussões sobre a transferência da final para o estádio de Wembley, em Londres, mas a Uefa disse que, apesar dos "exaustivos esforços por parte da Federação Inglesa de Futebol e das autoridades, não foi possível obter as isenções necessárias do regime de quarentena do Reino Unido".

“Os torcedores tiveram que sofrer mais de 12 meses sem poder ver seus times ao vivo, e chegar à final da Champions League é o ápice do futebol de clubes", afirmou o presidente da entidade, Aleksander Ceferin. "Privar esses torcedores da oportunidade de ver o jogo pessoalmente não era uma opção e estou muito satisfeito por esse acordo ter sido alcançado."

Dirigentes da Federação Turca de Futebol disseram à Reuters na quarta-feira que esperam receber a final da Champions League em 2023.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.