Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
14/03/2006 - 18h46

Veja a íntegra da nota divulgada pelo prefeito José Serra

Publicidade

da Folha Online

O prefeito José Serra (SP) agradeceu hoje, em nota oficial, o apoio recebido à indicação de seu nome para candidato do PSDB à Presidência. Ele informa que abriu mão se sua candidatura em nome da unidade partidária.

"Meu senso de responsabilidade política leva-me a colocar acima de qualquer aspiração pessoal nosso objetivo comum, que é dar um novo rumo ao país. Por isso, e por considerar Geraldo Alckmin habilitado para vencer a eleição e ser o próximo presidente, cerro fileiras, com o partido, em torno de sua candidatura."

Veja abaixo nota oficial divulgada por Serra:

"Quero agradecer, de coração, o imenso apoio de tantos brasileiros a uma possível candidatura minha à Presidência da República, apoio que se traduziu numa posição de relevo nas pesquisas eleitorais feitas desde meados do ano passado. Creio que essas avaliações expressam o reconhecimento do meu trabalho como ministro da Saúde, de minha longa militância e coerência na vida pública e de minha atuação como prefeito de São Paulo.

Em segundo lugar, agradeço aos companheiros do meu partido e a muitas outras pessoas que me incentivaram a sair candidato a presidente, convencidos de que essa seria a melhor opção para repor o Brasil no caminho do desenvolvimento, da expansão do emprego, da austeridade e da moralidade da vida pública --rumos estes perdidos pelo governo do PT.

Coloquei-me à disposição do PSDB para assumir a candidatura se isso refletisse o desejo geral de todos os setores partidários. Surgiu, porém, a necessidade de uma disputa interna em razão da legítima postulação do governador Geraldo Alckmin e do seu desejo de que fosse realizado algum tipo de prévia entre os militantes tucanos. Isto, no entanto, traria sérios riscos de divisão no partido, a começar por São Paulo, servindo aos propósitos de nossos adversários.

Meu senso de responsabilidade política leva-me a colocar acima de qualquer aspiração pessoal nosso objetivo comum, que é dar um novo rumo ao país. Por isso, e por considerar Geraldo Alckmin habilitado para vencer a eleição e ser o próximo presidente, cerro fileiras, com o partido, em torno de sua candidatura".

A carta é assinada pelo prefeito.

Leia mais
  • Jaques Wagner diz que força de Alckmin será medida na campanha
  • Alckmin terá mais dificuldade por ser menos conhecido, diz líder petista
  • Em 1º discurso como candidato, Alckmin defende a ética e critica Lula
  • "Pânico" leva cover de Lula para felicitar Alckmin

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre eleições de 2006

  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página