Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
15/05/2007 - 08h32

PF indicia atriz Norma Bengell por lavagem de dinheiro

Publicidade

RAPHAEL GOMIDE
da Folha de S.Paulo, no Rio

A atriz e cineasta Norma Bengell, 71, foi indiciada pela Polícia Federal em dois inquéritos criminais, sob acusação de lavagem de dinheiro (pena de 3 a 10 anos de reclusão e multa), evasão de divisas (2 a 6 anos de reclusão e multa), e apropriação indébita (1 a 4 anos de reclusão e multa). O ex-advogado da atriz, Roberto Edward Halbouti, também foi indiciado.

Lenise Pinheiro/Folha Imagem
Norma Bengell foi indiciada pela<br> PF por lavagem de dinheiro
Norma Bengell foi indiciada pela
PF por lavagem de dinheiro
Para a PF, Bengell se apropriou de dinheiro captado em 1996, para produzir o filme "O Guarani", com benefício de leis de renúncia fiscal.

O Tribunal de Contas da União (TCU) considerou que os recursos foram usados irregularmente.

A Folha ligou para Bengell. Na primeira ligação, uma voz de senhora desligou o telefone quando o repórter se identificou.

No celular dela, uma mulher que disse não ser Bengell afirmou que ela estava viajando e deu o telefone do advogado criminal, Fernando Drummond.

Ele afirmou que Bengell nunca foi convidada a depor e que desconhecia a existência dos dois inquéritos e dos indiciamentos contra a cliente.

Leia mais
  • MinC tenta receber dinheiro de Norma Bengell desde 1999
  • TV Record contrata Norma Bengell para novela "Alta Estação"
  • Sylvester Stallone admite ter levado hormônios para Austrália
  • George Michael confessa em julgamento ter dirigido drogado
  • Paris Hilton é condenada a 45 dias de prisão
  • Polícia britânica prende roqueiro Pete Doherty por porte de drogas

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre Norma Bengell
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página