Morre, aos 101 anos, Nancy Barbato Sinatra, primeira mulher de Frank Sinatra

Os dois foram casados por 12 anos e tiveram três filhos

AFP

Frank Sinatra ao lado da mulher, Nancy Barbato Sinatra, que morreu nesta sexta, aos 101 anos
Frank Sinatra ao lado da mulher, Nancy Barbato Sinatra, que morreu nesta sexta, aos 101 anos - Hulton Archive/Getty Images

Nancy Barbato Sinatra, primeira mulher do cantor Frank Sinatra, morreu nesta sexta-feira (13). A informação foi divulgada pela própria filha do casal, a cantora Nancy Sinatra, em sua conta do Twitter.

​"Minha mãe faleceu em paz esta noite, aos 101 anos. Ela foi uma bênção e a luz da minha vida. Vá com Deus, mamãe. Obrigado por tudo", disse a cantora em seu perfil.

Nancy nasceu em 25 de março de 1917, em Nova Jersey, nos Estados Unidos, e foi casada com Frank por 12 anos. Eles se conheceram em 1934, quando ela tinha 17 anos e ele, 19. Casaram-se em 1939 e foram morar em um modesto apartamento em Nova York, e Nancy começou a trabalhar como secretária.

O casal teve três filhos e se divorciou em 1951, depois que o cantor de "New York, New York" e "My Way", entre outros sucessos, teve uma série de casos extraconjugais divulgados na imprensa de Hollywood.

Dez dias após a separação, o cantor, falecido em 1998, casou-se com a atriz Ava Gardner, com quem ficou até 1957. Ele ainda teve outros dois casamentos, com a também atriz Mia Farrow e com a modelo Barbara Marx. Nancy não se casou novamente, mas manteve uma relação próxima com o cantor até sua morte.

Em seu Twitter, a filha do casal, Nancy Sinatra, publicou uma homenagem feita pelo site da família, sinatrafamily.com, com uma foto de sua mãe e a frase "obrigado por tudo o que você fez por nós e pelo mundo". A causa da morte não foi divulgada.

 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.