'Menina talentosa, de humor ácido', diz Walcyr Carrasco sobre Fernanda Young

Atriz e roteirista morreu neste domingo aos 49 anos após parada cardíaca durante crise de asma

Fernanda Young sentada em uma poltrona olhando para o alto usando um vestido vermelho com listras brancas
Fernanda Young morreu nesta manhã aos 49 anos - Folhapress
São Paulo

Morreu neste domingo (25), aos 49 anos, Fernanda Young. A atriz e roteirista sofreu uma parada cardíaca durante crise de asma. A criadora de séries de sucesso como "Os Normais" e "Shippados" era ativa nas redes sociais e amigos e fãs prestam suas homenagens a ela pelas redes.​

 

Prefeitura de Niterói: É com muito pesar que a Prefeitura de Niterói informa o falecimento da escritora, atriz e roteirista, Fernanda Young. Nascida em Niterói, chegou a estudar na UFF e após mudou-se para SP. Lamentamos a sua morte e desejamos todo conforto a sua família nesse momento. 

Fernanda Torres: Devo muito a ela, à inteligência, ao humor, à originalidade, à coragem dela. Ainda bem que escrevi para a Fernanda para dizer o quanto havia gostado de "Shippados". Foi a última vez que nos falamos, e foi bom, bonito, carinhoso. O Brasil perde muito, sem a anarquia e a clareza dela.

Marcelo Rubens Paiva, escritor, dramaturgo e jornalista: Fernanda Young... Provocadora, ousada, irônica, inteligente. Grande talento. Eu era fã e amigo.

Gloria Perez, escritora e roteirista: Talentosa, criativa, irreverente, gente boa e querida. 

Fábio Porchat, humorista, ator e apresentador de programa de TV: Posso dizer que com "Os Normais" minha carreira meio que começou. Obrigado Fernanda Young por colocar num papel toda sua maluquice! Meu abraço para a família e para os amigos.

 

Walcyr Carrasco, escritor e dramaturgo: Triste notícia recebi hoje com a morte precoce da Fernanda Young, essa menina talentosa, de humor ácido e de tantos trabalhos excepcionais como escritora, roteirista, atriz, apresentadora, entre outros. Descanse em paz! #ripfernandayoung #fernandayoung

Letrux, cantora: Que privilégio ter visto o cometa Fernanda Young passar, que tristeza absurda que tenha sido tão rápido.

Padre Fábio de Melo: Vou sentir muita falta das nossas longas conversas. E o encontro em Gonçalves, o almoço, a roda de música, ficarão na espera, na longa espera... Vai com Deus, minha amiga. Dê um beijo Nele por mim. 

Mônica Waldvogel, jornalista: #RIP Fernanda Young, na convivência durante os anos de "Saia Justa" conheci seu enorme talento e o inescapável tormento que o alimentava. Uma combinação que a fez tão singular e importante para uma legião de pessoas que aprenderam com sua coragem e seus escritos. Que triste. 

Marisa Orth, atriz: Eu te amo, Fernanda.

Ciro Gomes, político: Nesses tempos de obscurantismo, perder sua voz ousada, suas críticas lúcidas, seu texto forte, nos faz refletir sobre o nosso papel no mundo. Certamente ela diria para seguirmos  na luta com ainda mais força. É o que faremos! Resistiremos! Fica com Deus, querida Fernanda!

Manuela D'Avilla, jornalista e política: Eu gritei um palavrão feio quando soube da morte dela. Nunca a conheci, mas sempre quis ter um pouco do talento, graça, rebeldia e liberdade que ela me transmitia. Que sua família receba um abraço solidário. Obrigada, Fernanda Young. 

Alexandre Nero, atorChocado​ com a morte da Fernanda Young. Não a conhecia, mas desejava muito trabalhar nas coisas dela um dia. Sempre admirei sua parceria com o Alexandre Machado. Muita luz para os familiares e amigos!

Serginho Groisman, apresentador:  Muito triste com a notícia da morte de Fernanda Young. Seu humor e sua inquietude nas obras ficam marcadas. Triste ir tão jovem. Meus sentimentos à família e que fique em paz.

Sâmia Bonfim, deputada federal: Estarrecida com a notícia da morte de Fernanda Young. Jovem, talentosa e arrojada, escreveu como poucas sobre o cotidiano da mulher diante das mudanças do mundo. Toda a solidariedade aos familiares, amigos, colegas e demais fãs. 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.