Terry Jones, do Monty Python, morre aos 77 anos devido a demência rara

Jones dirigiu alguns dos filmes do grupo britânico, como 'A Vida de Brian', de 1979, e 'O Sentido da Vida', de 1983

São Paulo

Terry Jones, um dos integrantes do grupo Monty Python, morreu aos 77 anos, nesta terça-feira (21), devido a uma forma rara de demência. A morte foi informada pela família em um comunicado. 

"Terry morreu na noite de 21 de janeiro de 2020 aos 77 anos de idade, com sua mulher, Anna Soderstrom, ao seu lado, depois de uma batalha longa, extremamente corajosa, mas sempre bem-humorada, com uma forma rara de demência, a FTD", informaram.

O comediante britânico Terry Jones sorri no Rolls Building, em Londres, em 2012.
O comediante britânico Terry Jones sorri no Rolls Building, em Londres, em 2012. - REUTERS/Suzanne Plunkett

O comediante sofria de uma progressiva afasia, doença que leva à perda da fala. Antes de adquiri-la, Jones dirigiu alguns dos filmes do grupo britânico, como "A Vida de Brian", de 1979, e "O Sentido da Vida", de 1983.

Em 2016, um porta-voz do ator declarou que Jones sofre de uma variante de demência que afeta sua comunicação e, por isso, não daria mais entrevistas. A notícia veio após o prêmio Bafta anunciar que Terry Jones ganharia um troféu especial por sua contribuição à televisão e ao cinema.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.