Documentários sobre música e atividades infantis são destaques desta segunda (13)

Curso que ensina a montar uma coleção de arte contemporânea também começa na data

São Paulo

Com o avanço do coronavírus, as atividades culturais estão suspensas de modo geral. Neste cenário, artistas e produtores estão fazendo shows caseiros transmitidos nas redes sociais, estreias de cinema migraram para o streaming, canais de TV abriram seus sinais, museus promovem visitas virtuais e vídeos de espetáculos de dança e de teatro foram disponibilizados na internet.

Para melhorar sua quarentena, preparamos uma lista de conteúdos para serem consumidos em casa nesta segunda (13).

Música

Explore os documentários e shows escondidos no acervo da Red Bull TV –todos os conteúdos podem ser assistidos de graça, basta se cadastrar na plataforma. Algumas sugestões são os filmes "Juliette Lewis: Mulher Parada Dura", sobre a vocalista da banda de The Licks e atriz indicada ao Oscar, e "Our Vinyl Weights a Ton – A História da Stones Throw Records", sobre o selo de garagem que acabou representando rappers como Kanye West e Snoop Dogg.

Dança

Toda semana, a Ópera de Paris resgata um espetáculo apresentado em temporadas passadas e o exibe no seu site oficial. De hoje até o domingo (19), é a vez de uma filmagem de seu “Tributo a Jerome Robbins”, homenagem ao coreógrafo americano por trás de "Amor Sublime Amor" (1961) montada em 2018.

Exposições

Pesquisador especializado em colecionismo, Nei Vargas ministra o curso "Perspectivas do Colecionismo de Arte Contemporânea", na Galeria Aura. As aulas acontecem nesta segunda (13) e terça (14), das 18h às 19h30, e custam R$ 100. A ideia é discutir como começar uma coleção. Inscrições aqui.

Livros

Neste mesmo dia, há cinco anos, morreu o escritor uruguaio Eduardo Galeano. Bom motivo para começar a ler sua obra –a versão para Kindle de "As Veias Abertas da América Latina", seu título mais famoso, pode ser comprada por menos de R$ 15 na Amazon, e a pocket, por R$ 21,53.

Infantil

Quem já esgotou as ideias de atividades para os filhos enclausurados pode ganhar um sopro de inspiração com "Art Is Where the Home Is" (a arte está em casa), livrinho organizado por artistas britânicos e disponibilizado para download pela galeria Firstsite. É em inglês.

Outra dica é acompanhar as redes sociais dos museus e centros cultuais. O Instagram do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, o MAM Rio, tem publicado uma série de atividades acompanhadas de instruções coloridas.

E a Japan House São Paulo publica hoje no seu Facebook um tutorial ensinando as crianças a construir seus próprios mikados, um jogo de origem oriental conhecido por aqui como pega-varetas.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.