Descrição de chapéu Artes Cênicas

Cirque du Soleil pede proteção judicial para se reestruturar no Canadá

Companhia circense tenta escapar de falência em meio à pandemia de coronavírus

Montreal | AFP

O icônico Cirque du Soleil, diretamente atingido pela pandemia do novo coronavírus, anunciou nesta segunda-feira (29) que pediu proteção judicial contra seus credores para poder se reestruturar.

O grupo conseguiu, em paralelo ao pedido judicial, um acordo de compra por seus atuais acionistas, que são fundos de investidores americanos e chineses assim como a administradora de fundos de pensão Caisse de Dépôt et Placement de Québec, com o objetivo de ser posteriormente leiloado, informou em um comunicado.

Em meio a dívidas, o Cirque du Soleil pode falir, como os próprios organizadores já anunciaram anteriormente.

A companhia emprega atualmente 4.000 pessoas e cancelou a maior parte de suas apresentações após a adoção de medidas de distanciamento social.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.