Descrição de chapéu Moda Coronavírus

Morre o estilista Kenzo Takada, aos 81 anos, por coronavírus

Primeiro japonês a conseguir despontar em Paris, ele estava aposentado da moda desde 1999

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Paris | AFP

O estilista japonês Kenzo Takada, criador da marca de roupas e de perfumes que leva seu nome, morreu neste domingo (4) por causa do novo coronavírus. Ele tinha 81 anos, e a morte foi confirmada em um comunicado por seu porta-voz.

Kenzo morreu no Hospital Americano de Neuilly-sur-Seine, nos arredores de Paris. O estilista foi o primeiro japonês a conseguir despontar na capital francesa, onde fez toda a sua carreira e conseguiu fazer seu nome ficar conhecido no circuito.

Nascido em 27 de fevereiro de 1939 em Himeji, perto de Osaka, era apaixonado pelo design e pela costura que suas irmãs aprenderam na infância.

Kenzo chegou de navio ao porto francês de Marselha em 1965 e ficou fascinado por Paris. Embora estivesse de passagem, fixou-se definitivamente na capital francesa a partir de então. Mas a sua primeira coleção veio mais de uma década depois, em 1970. Seis anos mais tarde, fundou a sua própria marca, batizando-a com seu primeiro nome.

O estilista lançou sua primeira linha masculina em 1983. Já seu primeiro perfume saiu em 1988. Em 1993, a empresa foi adquirida pelo grupo de luxo LVMH.

Kenzo Takada se aposentou da moda em 1999 e se dedicou a outros projetos, como design de interiores. Com seus "quase 8.000 desenhos", Kenzo "nunca deixou de celebrar a moda e a arte de viver", afirmou o seu porta-voz.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.