Descrição de chapéu desemprego Michel Temer

Temer diz que aquecimento da economia aumenta sensação de desemprego

Quem estava desempregado começa a procurar emprego, afirma presidente

Felipe Bächtold
São Paulo

O presidente Michel Temer disse nesta sexta-feira (4) que a melhora da economia provocou também um aumento na sensação de desemprego porque mais pessoas se sentiram estimuladas a procurar trabalho. 

Afirmou que os dados do Ministério do Trabalho mostram que o "emprego está aumentando", embora as informações do IBGE mostrem situação oposta. Temer disse que promoveu uma reunião com a equipe na segunda-feira (30) para esclarecer esses pontos.

"Não é o que desemprego aumentou. É que o desempregado, quando a economia começa a melhorar, ele, que estava desalentado, portanto, não procurava emprego, ele se transforma em um alentado. Ele vai procurar emprego. Como não há emprego para todos ainda, ele não consegue o emprego e isso entra na margem do cálculo do IBGE."

Ele completou: "Aumentou o número daqueles que procuram empregos. E aqueles procuram empregos, alentados que se acham, aumentam porque a economia está melhorando."

O emedebista deu as declarações durante um discurso em um evento da ESPM, em São Paulo. Em sua fala, também fez distinções entre carteiras de trabalho assinadas e postos de trabalho. 

Temer falou ainda sobre o comércio exterior e disse que o Mercosul, depois de 19 anos, está "praticamente fechando um acordo com a União Europeia". 

"Resgatamos a vocação original do Mercosul para livre mercado", disse ele, citando também negociações com a Coreia do Sul e Canadá.

O presidente mencionou ainda aproximação do Mercosul com a Aliança Para o Pacífico, que reúne países como México e Peru.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.