Usinas de cana no Brasil têm dificuldade em manter operações, diz Itaú

Banco estima que 18 usinas não têm caixa para manter operações

O banco de investimento Itaú BBA estima que 18 usinas de açúcar e etanol do centro-sul do Brasil não estão gerando caixa suficiente para manter suas operações, disse nesta terça-feira (4) o chefe de negócios em agricultura do banco, Pedro Fernandes.

A instituição fez uma avaliação da situação financeira de 75 produtores de açúcar e etanol no centro-sul do Brasil, que representam uma capacidade total de processamento de 475 milhões de toneladas de cana.

O banco ainda estima que outras 22 empresas mal têm conseguido gerar recursos suficientes para cobrir serviços da dívida e para manter níveis adequados de renovação dos canaviais. 

A longa estiagem de 2018 ameaça a próxima colheita. Em algumas cidades paulistas, a seca se aproximou de 120 dias e pode resultar em uma redução na produção de cana-de-açúcar de até 40 milhões de toneladas na atual safra.

Enquanto na safra 2017/18, encerrada em março, a produção alcançou 596 milhões de toneladas de cana moídas pelas usinas, no período 2018/19 o montante pode ser de até 556 milhões.

Colheita em Sertãozinho, em São Paulo - Joel Silva/Folhapress

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.