Descrição de chapéu Previdência

Entenda o que muda na pensão por morte

Pensionista não receberá 100% da aposentadoria, mas salário mínimo ficou garantido

São Paulo

As novas regras para pensões por morte foram um dos pontos mais polêmicos da reforma da Previdência aprovada nesta terça-feira (22) pelo Senado Federal.

Assim que o texto for promulgado pelo Congresso Nacional, o pagamento para o principal beneficiário será de 60% do valor original da aposentadoria do INSS, mais 10% por dependente adicional, limitado a 100% do valor do benefício.

Com as mudanças feitas durante a tramitação da proposta, ficou garantido que a pensão não poderá ficar abaixo do salário mínimo.


LEIA MAIS:


Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.