Descrição de chapéu The New York Times

Ações da Warner Music estreiam com alta de 20% na maior oferta inicial de 2020 nos EUA

Gravadora, que tem estrelas como Ed Sheeran e Madonna, foi listada na Nasdaq

Los Angeles e Nova York | The New York Times

Os papéis da Warner Music, terceira maior gravadora de música do mundo, estrearam com alta de 20% nesta quarta-feira (3), na maior oferta pública inicial de ações (IPO) nos Estados Unidos até o momento.

A forte estreia em meio à incerteza do mercado e à pandemia de coronavírus mostra a força da ressurgente indústria musical.

Após anos de quedas nas vendas, a sorte do setor mudou, impulsionada pela crescente popularidade de serviços de streaming como Spotify e Apple Music.

Fachada da Bolsa Nasdaq, na Times Square, em Nova York (EUA) - REUTERS

A Warner, que tem estrelas como Ed Sheeran e Madonna, foi listada na Nasdaq.

“É um voto de confiança na maneira como as pessoas veem a trajetória de crescimento da música e como elas veem a distribuição ganhando forma nos mercados maduros e em desenvolvimento”, disse Steve Cooper, presidente-executivo da Warner Music.

“Acho que elas veem que ainda há um longo percurso para os ‘streamers’ tradicionais crescerem e se expandirem, mas também novos modelos de negócios.”

A venda consistiu em ações secundárias pertencentes à Access Industries Inc., do bilionário Len Blavatnik, que mantém o controle dos votos, e entidades relacionadas; a oferta não levantou novos fundos para a empresa.

Graças às receitas dos serviços de streaming, a indústria fonográfica cresce há quatro anos, após mais de uma década de declínio devido à pirataria on-line e ao colapso das vendas de CDs.

A receita global de música gravada cresceu 8,2% no ano passado, para US$ 20,2 bilhões, de acordo com a Federação Internacional da Indústria Fonográfica. O streaming representou mais da metade do total.

“A avaliação reflete a crescente conscientização sobre o valor do conteúdo. Muitas vezes o foco é para a tecnologia, mas a tecnologia de várias formas utiliza a música”, disse Cooper, indicando empresas como Peloton Interactive Inc. e TikTok, da Bytedance Ltd.

“A música tem sido um elemento fundamental.”

A Warner Music —dona de gravadoras como Atlantic, Elektra e sua emblemática Warner Records, bem como a Warner Chappell Music, a terceira maior distribuidora de música— viu as receitas do streaming, o maior contribuinte para a linha superior, aumentarem 12% em abril. O ganho foi compensado por quedas relacionadas ao coronavírus na receita digital e física sustentada por publicidade, mas espera-se que essas linhas se recuperem.

Juntamente com a IPO da ZoomInfo Technologies Inc., planejada esta quinta-feira (4), a Warner lidera uma semana ativa de IPOs, após um período de calmaria durante o qual o mercado foi resfriado pela pandemia.

Tradução de Luiz Roberto Mendes Gonçalves

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.