Veja as marcas de comunicação mais lembradas pelo paulistano na pandemia, segundo Datafolha

Empresas campeãs em menções dos consumidores contam o que fizeram para se destacar durante o período

São Paulo

Realizado entre 2 e 6 de julho, o levantamento do Datafolha buscou identificar os hábitos e tendências de consumo dos paulistanos antes, durante e após a pandemia do novo coronavírus.

O reflexo disso é o alto reconhecimento de marcas digitais no levantamento que mede o desempenho de empresas na quarentena.

As entrevistas foram feitas por telefone, mediante a aplicação de um questionário. Foram realizadas 700 entrevistas com moradores da capital de 16 anos ou mais, em uma amostra baseada no censo da população paulistana. A margem de erro máxima é de 4 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Os entrevistados também responderam sobre qual é a marca de maior destaque, para eles, em alguns segmentos. Abaixo, veja as empresas que se destacaram na categoria comunicação, nos segmentos aplicativo de videochamada, tecnologia e operadora de internet banda larga.

Aplicativo de videochamada​

WHATSAPP
Lembrado por 50% dos entrevistados
Fundação 2009
Quanto cresceu neste ano Volume das chamadas de voz e vídeo dobrou na pandemia
Como reagiu à pandemia Para conter fake news, limitou ainda mais o encaminhamento de mensagens e investiu em iniciativas de verificação de informações. Aumentou de 4 para 8 o limite de participantes em chamadas de vídeo e voz, para facilitar as comunicações. Lançou também novos recursos para empresas

"Aumentar nossos servidores para lidar com o aumento no uso do aplicativo foi nosso principal desafio."
(Dario Durigan, diretor de políticas públicas para o WhatsApp no Brasil)

Tecnologia

SAMSUNG
Lembrado por 19% dos entrevistados
Fundação 1969
Quanto cresceu neste ano Não informou
Como reagiu à pandemia Doou R$ 5 milhões em equipamentos e testes da Covid-19, estendeu o período de garantia por 30 dias para todas as linhas de produtos, de acordo com a legislação de cada local para definir os prazos de quarentena, antecipou os cursos a distância oferecidos pelo programa Code IoT, liberou o acesso aos cursos do Samsung Ocean e criou um aplicativo que monitora a saúde e o bem-estar dos funcionários diariamente, entre outras ações

"Priorizamos o cuidado com funcionários, parceiros e clientes. Para isso, foi e ainda é preciso interpretar os novos cenários e criar respostas imediatas."
(Fauze Diab, diretor de recursos humanos da Samsung Brasil)

Operadora de internet de banda larga

VIVO
Lembrado por 35% dos entrevistados
Fundação 1998
Quanto cresceu neste ano A receita da operação de banda larga cresceu 6,6% no primeiro trimestre, na comparação com o mesmo período de 2019
Como reagiu à pandemia Autorizou o parcelamento, sem juros nem multa, das contas de clientes inadimplentes. Liberou o acesso a alguns canais pelo streaming Vivo Play

"Nosso principal desafio foi o tempo. Em menos de uma semana, adaptamos 33 mil funcionários ao home office. Reforçamos a comunicação com os clientes pelos canais digitais, que apresentaram um crescimento expressivo no volume de atendimento."
(Marcio Fabbris, vice-presidente de B2C, ou business to consumer)

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.