Descrição de chapéu The New York Times

Biden prepara pacote de US$ 1,9 tri em gastos

Recursos incluem despesas para vacinação em massa e ajuda financeira para os prejudicados pela crise econômica

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Washington | The New York Times

O presidente eleito dos EUA, Joe Biden Jr., apresentaria na noite desta quinta (14) um pacote de gastos de US$ 1,9 trilhão (R$ 9,9 trilhões) para combater a pandemia e seus efeitos na economia.

O foco inicial seria na expansão em grande escala do programa de vacinação do país e a capacidade de testes do vírus, segundo duas pessoas inteiradas dos planos, que ainda não haviam sido divulgados até a conclusão deste texto.

Retrato Joe Biden
O presidente eleito dos EUA, Joe Biden, deve apresentar um pacote de gastos de US$ 1,9 trilhão (R$ 9,9 trilhões) para combater a pandemia e seus efeitos na economia - ANGELA WEISS / AFP

Biden detalharia sua proposta, que ele e sua equipe econômica vêm elaborando há semanas, em um discurso à noite em Delaware.

Os esforços vão cobrir a pandemia, a economia, atenção à saúde, educação, mudança climática e outras prioridades domésticas, disse Brian Deese, futuro diretor do Conselho Econômico Nacional, na conferência Reuters Next na quarta (13).

Congressistas democratas disseram que estão se preparando para que os esforços incluam duas leis.

O primeiro pacote, que seria o foco do discurso desta quinta, incluirá dinheiro para completar o auxílio de US$ 2.000 a indivíduos e ajuda a pequenas empresas e governos locais e estaduais, componentes que Biden enfatizou nas últimas semanas. Este virá na forma de cheques de estímulo adicionais de US$ 1.400 (R$ 7.280), completando os de US$ 600 (R$ 3.120) que o Congresso aprovou em dezembro.

Outros informados das ideias de Biden disseram que ele também pediria que a primeira lei aprovada incluísse uma extensão dos benefícios federais a desempregados, que deverão expirar em março para muitos trabalhadores, e mais ajuda para os inquilinos.

Planos para o primeiro pacote incluem ainda um aumento significativo de gastos em distribuição de vacinas, testes e rastreamento de contatos, disse Deese, e Biden tentará obter dinheiro suficiente para permitir que a maioria das escolas abra, numa tentativa de aumentar a participação da força de trabalho.

“Precisamos abrir as escolas”, disse Deese, “para que os pais, especialmente as mulheres, que estão sendo prejudicadas desproporcionalmente, possam voltar ao trabalho.”

Tradução de Luiz Roberto M. Gonçalves

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.