Descrição de chapéu Global Media Diário de Notícias

Emprego para recém-formados em Portugal sobe e volta a nível pré-crise

Em Portugal, em 2017, quase 81% conseguiram arranjar trabalho. Na Alemanha, nível de concretização está em 91%.

Cinco pessoas descem as escadarias do Parlamento, que é um prédio histórico de cor branca, cuja entrada tem cinco pórticos e acima, uma varanda com quatro pares de duas colunas nas pontas e duas colunas no meio. Acima da cúpula, que é triangular, há a bandeira de Portugal em um mastro.
Visitantes deixam o prédio do Parlamento português, em Lisboa - Rafael Marchante - 26.jul.18/Reuters
Diário de Notícias

O nível de emprego dos jovens que, em Portugal, acabaram recentemente cursos de grau mais elevado - secundário do 10.º ao 12.º ano, pós-secundário e ensino superior —regressou aos níveis pré-troika, mas continua a ser um dos mais baixos da Europa, indicam dados do Eurostat obtidos pelo DN/Dinheiro Vivo. Segundo os números oficiais, em 2017, 80,7% desses indivíduos (com idades dos 20 aos 34 anos e que acabaram o respetivo curso há três anos, no máximo) conseguiram arranjar emprego. Trata-se de uma proporção que está ao nível de 2010 (80,6%), último ano antes da bancarrota e do início do programa de ajustamento da troika. Leia mais

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.