Macron e Trump defendem aumento de repasses da União Europeia à Otan

Presidentes se encontraram em Paris na véspera da comemoração de cem anos do fim da 1ª Guerra

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo | Reuters

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o presidente francês, Emmanuel Macron, concordaram neste sábado (10) sobre a necessidade de a União Europeia destinar mais recursos à Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte).

O encontro, em Paris, ocorreu horas após Trump publicar uma mensagem altamente crítica à defesa que Macron fez da criação de um exército europeu como forma de diminuir a dependência da UE (União Europeia) em relação aos Estados Unidos em questões militares.

"Talvez a Europa devesse primeiro pagar uma cota justa dos gastos da Otan, que os EUA subsidiam largamente", escreveu Trump, que interpretou a proposta de Macron como uma medida para proteger o bloco dos EUA. 

Paris afirmou que o desentendimento teria sido causado pela cobertura "exagerada" de alguns jornais americanos e foi esclarecido durante as conversas "construtivas" que ocorreram um dia antes da comemoração dos 100 anos do armistício da 1ª Guerra Mundial. 

"Queremos uma Europa forte, isso é muito importante para nós. Ambos queremos a melhor forma e a mais eficiente para atingir esse objetivo", disse Trump.

Trump faz sinal de positivo com polega ao lado de Macron, que sorri e acena
Donald Trump e Emmanuel Macron também conversaram sobre comércio, a Síria e a repercussão do assassinato do jornalista saudita Jamal Khashoggi - Chen Yichen/Xinhua

Ele afirmou que os Estados Unidos desejam ajudar a Europa, mas "tem que ser justo". "Temos assumido a maior parte do ônus até agora", disse. 

Macron disse que acreditava que a UE deveria assumir uma parte maior dos gastos da Otan —uma bandeira defendida por ele desde o início de seu mandato.

"Acredito que as minhas propostas para a defesa europeia são totalmente consistentes com isso [o aumento dos gastos com a Otan]", afirmou o presidente francês. 

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.