Mulher é detida em Viena após confessar assassinato das três filhas

Suspeita ligou para serviços de emergência para dizer que queria cometer suicídio

Viena | AFP

Uma mulher de 31 anos confessou, neste sábado (17), ter matado suas três filhas, de 8 meses, 3 anos e 9 anos, em um apartamento em Viena, informou a polícia austríaca em um comunicado.

A entrada do prédio onde o crime aconteceu, em Viena
A entrada do prédio onde o crime aconteceu, em Viena - Herbert Neubauer/APA/AFP

A suspeita ligou para os serviços de emergência no início da manhã dizendo que queria cometer suicídio. Ao chegar ao local, a polícia encontrou os corpos das duas meninas mais novas.

A filha mais velha foi hospitalizada, mas os profissionais da UTI não conseguiram salvá-la, acrescenta o comunicado. A mãe, que ainda não deu explicações, teve ferimentos leves.

Os investigadores da Áustria começaram a coletar provas na cena do crime. Necropsias ainda não foram realizadas para determinar a causa das mortes. De acordo com os primeiros elementos, as meninas teriam sido sufocadas, segundo noticiou a imprensa local.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.