Descrição de chapéu Café da Manhã

Podcast discute a desigualdade no acesso à internet no Brasil; ouça

Pandemia evidenciou esta faceta da disparidade socioeconômica do país

São Paulo

Medidas de isolamento social para contenção da pandemia do novo coronavírus levaram para dentro de casa atividades que, até então, aconteciam em escritórios, salas de aula e casas de espetáculo. Mas aulas a distância, home office e lives dependem de uma boa conexão de internet, o que, no caso do brasileiro, esbarra em desigualdades.

No Brasil, cerca de 70 milhões de pessoas têm acesso precário à internet ou não têm nenhum acesso. E mais de 42 milhões de brasileiros nunca acessaram a rede.

Além de estudo, trabalho e diversão, o acesso ao auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal, é feito por aplicativo de celular. Além de muitos não terem conta bancária e de problemas no aplicativo Caixa Tem, a falta de acesso também contribuiu para as longas filas que se formaram nas agências da Caixa Econômica Federal.

No Café da Manhã desta terça-feira (19), a repórter de economia e tecnologia Paula Soprana discute a desigualdade digital no país.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia.

O episódio é conduzido pelos jornalistas Rodrigo Vizeu e Magê Flores, com produção de Jéssica Maes e Renan Sukevicius. A edição de som é de Thomé Granneman.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.