Skaf e Doria estão empatados na eleição para o governo de SP, aponta Ibope

Candidato do MDB tem 22% das intenções de voto e tucano, 21%

São Paulo

A disputa ao Palácio dos Bandeirantes está empatada entre os candidatos Paulo Skaf (MDB) e João Doria (PSDB), aponta pesquisa do instituto Ibope divulgada nesta sexta (3) pela TV Bandeirantes.

Presidente licenciado da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), o emedebista registrou 22% das intenções de voto no estado e Doria, 21%. 

Se o segundo turno entre os dois candidatos fosse hoje, Skaf venceria por 36% a 32%. O emedebista também aparece à frente de França (44% a 17%). O governador perderia num embate direto contra João Doria, num placar de 38% a 23%.

No levantamento anterior do Ibope, divulgado em junho, o ex-prefeito de São Paulo estava na frente de Skaf: 19% a 17%. No segundo turno, no entanto, o dirigente patronal tinha 33% e o tucano, 29%.

O governador de São Paulo, Márcio França (PSB), é candidato à reeleição e apareceu com 3% das intenções de voto, empatado com Luiz Marinho (PT). França caiu dois pontos em relação à pesquisa anterior, quando registrou 5%.

Os demais candidatos foram mencionados por entre 1% e 2% dos eleitores.

Declararam voto branco ou nulo 32% dos entrevistados pelo Ibope e 11% disseram não saber em quem votarão nas eleições de outubro.

Rejeição

Disseram que não votariam de jeito nenhum em Doria 33% dos paulistas pelo Ibope, dono da maior rejeição no estado —na capital, o índice chega a 52%, segundo o instituto de pesquisa.

Na sequência: Skaf é rejeitado por 24%, Marinho por 17% e França, por 16%.

A gestão do novo governador, que tomou posse em abril, foi desaprovada por 50% dos entrevistados e aprovada por outros 26%, enquanto 24% não souberam ou não responderam.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.