Descrição de chapéu Eleições 2018

Eleitores de partidos de esquerda engrossam vantagem de Bolsonaro, diz Datafolha

Mais da metade dos eleitores do PSB e 31% dos do PDT declaram voto no militar

Artur Rodrigues
São Paulo

Eleitores de partido de esquerda ajudam a engrossar a vantagem de Jair Bolsonaro (PSL) sobre Fernando Haddad (PT), revela pesquisa Datafolha  concluída nesta quinta (18).

Nesse campo, o militar é o preferido de 52% dos que declararam preferência pelo PSB (contra 31% em Haddad). Do partido de Ciro Gomes, o PDT, 31% pretendem votar em Bolsonaro —52% escolhem o petista. 

O militar ainda é o escolhido de 15% dos eleitores do PSOL, contra 85% em Haddad. 

Até entre os petistas 5% pretendem votar em Bolsonaro, e 90% escolhem o candidato presidencial do próprio partido. 

​Bolsonaro leva ampla vantagem entre eleitores do PSDB (76%) e MDB (62%). 

Ainda no campo mais à esquerda, 19% dos que votaram em Ciro Gomes escolherão Bolsonaro —outros 56% preferem Haddad. E 7% dos que votaram em Guilherme Boulos (PSOL) no primeiro turno também declararam voto no militar, contra 68% em Haddad. 

Entre os eleitores do próprio Haddad, 4% pretendem mudar de candidato no segundo turno e escolher Bolsonaro. 

Segundo o Datafolha, o capitão reformado tem 59% das intenções de votos válidos, sem contar eleitores dispostos a votar em branco ou nulo, ou que estão indecisos. O ex-prefeito petista está com 41%.

No levantamento anterior do Datafolha, realizado na semana passada, três dias após o primeiro turno da eleição, Bolsonaro apareceu com 58% das intenções de voto e Haddad, com 42%.

O Datafolha entrevistou 9.137 eleitores em 341 municípios na quarta (17) e nesta quinta. A pesquisa foi contratada pela Folha e pela TV Globo.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR-07528/2018.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.