Descrição de chapéu Governo Bolsonaro

Após excluir partidos de ministérios, Bolsonaro vai receber MDB e PR

Encontro é articulado pelo futuro chefe da Casa Civil, que foi à Câmara falar com as legendas

Camila Mattoso Ranier Bragon
Brasília

Após excluir a cúpula dos partidos políticos das negociações para formação do seu ministério, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) acertou reuniões com as bancadas de congressistas do MDB e do PR na semana que vem.

A combinação foi feita pelo futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM), que esteve na Câmara nesta quarta-feira (28) conversando com os representantes das legendas.

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, durante conversa com jornalistas do lado de fora do escritório da equipe de transição, em Brasília
O presidente eleito, Jair Bolsonaro, durante conversa com jornalistas do lado de fora do escritório da equipe de transição, em Brasília - Eraldo Peres/AP

O presidente eleito já escolheu 19 ministros. Até agora não tem recorrido à prática de consultar líderes dos partidos para as nomeações.

O futuro chefe da Casa Civil sinalizou aos parlamentares que a ideia do novo governo é a partir de agora iniciar um diálogo com o Congresso.

A bancada do MDB será recebida na terça que vem e a do PR, na quarta.

Segundo o líder do PR, José Rocha, Lorenzoni não disse o que Bolsonaro quer conversar com os deputados.

Os encontros acontecerão no CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil), onde está montado o gabinete de transição. O MDB tem a segunda maior bancada da Câmara, com 51 deputados, e o PR, a sexta, com 41.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.