Descrição de chapéu Governo Bolsonaro

Governo Bolsonaro diz que 'ofereceu facilitar embarque' de Battisti, que irá direto para a Itália

Em nota, Itamaraty afirma que importante é Battisti responder 'pelos graves crimes que cometeu'

Angela Boldrini
Brasília

Os Ministérios das Relações Exteriores e da Justiça afirmaram neste domingo (13) que o país ofereceu "facilitar o embarque" do italiano Cesare Battisti pelo território nacional, mas que o envio do prisioneiro será feito diretamente para a Itália.

"O Brasil ofereceu facilitar o embarque pelo território nacional e devido à urgência foi encaminhada uma aeronave da Polícia Federal brasileira à Bolívia. No entanto, optou-se pelo envio direto do prisioneiro à Itália", afirmaram em nota conjunta divulgada no final da tarde.

 

"O governo brasileiro se congratula com as autoridades bolivianas e italianas e com a Interpol pelo desfecho da operação de prisão e retorno de Battisti à Itália", diz o texto.

"O importante é que Cesare Battisti responda pelos graves crimes que cometeu. O Brasil contribui assim para que se faça justiça."

Battisti foi preso neste sábado (12) e deverá ser extraditado diretamente para Roma, onde foi condenado por quatro assassinatos na década de 1970.

Ele, que estava foragido desde 14 de dezembro, foi encontrado em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, pela Interpol.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.