Nest Mini, caixa de som inteligente da Google, começa ser vendida na terça por R$ 349

Usuário pode ouvir notícias e acionar aparelhos, como televisão e aspirador de pó

São Paulo

Em uma tentativa de fazer frente ao recente lançamento da Amazon, o Google anunciou nesta segunda-feira (11) que começará a vender no Brasil a Nest Mini, a sua versão de caixa de som inteligente que permite a integração com outros produtos de casa, como lâmpadas, aspiradores e televisores.

O dispositivo custará R$ 349 e será vendido a partir desta terça (12) nas principais redes varejistas do país.

Apresentado em Nova York em outubro, o aparelho tem o mesmo preço da versão mais simples da caixinha de som da Amazon, a Echo Dot. A varejista americana lançou seus aparelhos em português mês passado. Tanto Amazon quanto Google casaram seus anúncios na expectativa de alavancar vendas no Natal.

Imagem da Nest Mini, caixa de som inteligente lançada pelo Google
Caixa de som inteligente lançada pelo Google reconhece comandos em português - Divulgação

Os comandos dados em português, por meio do “Ok Google”, servem para o usuário acender luzes e iniciar músicas. Por meio de parcerias com outros serviços online, o dispositivo pode iniciar a exibição de filmes na Netflix ou ler notícias de diversos jornais, em seus sites, como é o caso da Folha. Até o fim deste ano, também ficará disponível um boletim de boas notícias, produzido em parceira do Google com o UOL.

A versão do Google é pequena (tem 10 centímetros de diâmetro), leve (200 gramas) e pode ser considerada minimalista, confirmado a tendência de produtos eletrônicos cada vez mais discretos. O Nest Mini vem com um suporte de parede, dispensando a necessidade de ficar sobre os móveis.

O Google afirma querer ocupar também um espaço no mercado de “smart speakers”, que movimentou US$ 7,9 bilhões (R$ 32,8 bilhões) em 2018 e deve chegar a US$ 31,7 bilhões (R$ 131,6 bilhões) em 2023, segundo a diretora de marketing do Google, Maia Mau.

A responsável por parcerias de produto do Google Assistente, Walkiria Saad, diz que em breve será possível pedir um carro por meio de um aplicativo de transporte, como Uber ou 99, ou mesmo táxi, usando o Nest Mini. A empresa não estima um prazo para o início do serviço, mas diz que o trabalho depende agora da tradução dos comandos para o português. 

A conexão do Nest com outros equipamentos será via wifi. Em alguns casos, pode ser necessário usar o bluetooth para identificar o aparelho mais próximo. Nas demonstrações feitas nesta segunda, o Google apresentou também a interação com outros eletrodomésticos, como cafeteiras, pipoqueiras e ventiladores convencionais.

A promessa da empresa é de que o tempo de resposta entre o “Ok Google, ligar cafeteira", por exemplo, e o início do funcionamento seja de até 47 segundos.

Para que esses aparelhos sejam acionados ou desligados pela caixa de som, o usuário precisa que cada um esteja ligado à rede elétrica por um adaptador, um tipo de pug inteligente, que faz essa conexão.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.