Siga a folha

Descrição de chapéu Minha vaga, minhas regras

O que um jovem sem experiência profissional pode dizer em um processo seletivo? Ouça

Podcast Minha Vaga, Minhas Regras fala das armas que a geração Z tem para se inserir no mercado

Continue lendo com acesso ilimitado.
Aproveite esta oferta especial:

1 ANO DE DESCONTO

3 meses por R$1,90

+ 9 de R$ 19,90 R$ 9,90

ASSINE A FOLHA

Cancele quando quiser

Notícias no momento em que acontecem, newsletters exclusivas e mais de 120 colunistas.
Apoie o jornalismo profissional.

Como jovens recém-formados e sem experiência profissional podem conseguir uma primeira oportunidade no mercado de trabalho? O que o candidato deve falar em uma entrevista de emprego quando ele tem pouca ou nenhuma bagagem profissional?

A carioca Ágatha Barros, 23, contou a um recrutador que adora praticar atividades físicas. "O esporte dá muito foco pra você evoluir", diz. "Acho que isso tem muito a ver com o trabalho também."

Já a paulista Gabriela Galindo, 20, lembra que fez trabalhos voluntários e intercâmbio. "Às vezes eles não estão buscando a experiência, mas saber que você quer aprender", afirma.

O terceiro episódio do podcast Minha Vaga, Minhas Regras, publicado nesta terça-feira (7), mostra como jovens da geração Z (nascidos entre 1995 e 2010) podem lançar mão de suas características e pontos fortes para iniciar as suas carreiras. Ouça abaixo:

Para a diretora de recursos humanos da startup Loft, Renata Feijó, o importante é que esses candidatos mostrem atividades que podem ser entendidas como habilidades que irão contribuir com a empresa contratante. E hobbies podem ajudar nesse momento.

O CEO da Seja Trainee, Luís Abdalla, lembra de uma candidata formada em engenharia que fazia artesanato como hobby, mas tinha vergonha de contar isso nas entrevistas de trabalho.

"E quando ela começou a olhar um pouco para a história de vida dela, começou a trazer de uma forma muito interessante que sempre foi uma pessoa muito criativa, que gostava muito de pensar em novas formas de fazer as coisas", conta Abdalla. "E hoje ela procura oportunidades como engenheira ligada à parte de inovação."

O episódio ainda traz uma entrevista com o fundador da Companhia de Estágios, Tiago Mavichian. Na conversa, ele avalia as fortalezas dos jovens da geração Z e traz outras dicas de como eles podem se fazer interessantes mesmo sem um currículo farto de trabalhos anteriores.

O Minha Vaga, Minhas Regras é uma produção da Folha em parceria com o Linkedin. O podcast fala sobre vida profissional e traz dicas para quem quer começar ou progredir na carreira.

O primeiro episódio, lançado no dia 9 de novembro, tratou dos mitos e verdades que candidatos enfrentam na hora de conseguir emprego. O segundo, publicado em 23 de novembro, abordou a angústia do desemprego e a saúde mental no trabalho.

A apresentação e o roteiro são do jornalista Bruno B. Soraggi, que desde 2013 é repórter da Folha​, na qual já passou pelo Guia Folha, revista sãopaulo e coluna Mônica Bergamo.

Ele é acompanhado pela editora-sênior do LinkedIn Notícias, Claudia Gasparini. Ela atua desde 2018 com criação e curadoria de notícias e análises sobre o mercado de trabalho no LinkedIn, que hoje tem 51 milhões de usuários no Brasil.

A edição de som é de Luan Alencar.

O podcast pode ser ouvido no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google Podcasts e outros aplicativos. Os episódios vão ao ar a cada 15 dias, às terças-feiras.

Minha Vaga, Minhas Regras
Quando
quinzenalmente às terças
Onde nas principais plataformas de podcast

O podcast Minha Vaga, Minhas Regras é feito pela Folha com o Linkedin - Editoria de Arte

Receba notícias da Folha

Cadastre-se e escolha quais newsletters gostaria de receber

Ativar newsletters

Relacionadas