Criminosos explodem bancos em Campos do Jordão e incendeiam carros em fuga

Veículos em chamas foram usados como barreira em túnel e causaram interdição total de rodovia

Agência bancária destruída por criminosos com explosivos em Campos do Jordão (SP)
Agência bancária destruída por criminosos com explosivos em Campos do Jordão (SP) - Lucas Lacaz Ruiz/A13
 
São Paulo | UOL

Criminosos explodiram e furtaram dinheiro de caixas eletrônicos de quatro bancos diferentes em Campos do Jordão, no interior de São Paulo, na madrugada desta segunda-feira (24). Eles conseguiram fugir e a polícia não tem pistas sobre seus paradeiros.

Segundo a Polícia Militar, por volta das 3h30, criminosos invadiram agências do Banco do Brasil, Bradesco, Santander e Sicredi, explodiram os caixas eletrônicos, pegaram o dinheiro e fugiram. Não se sabe quanto eles conseguiram furtar.

O crime foi registrado no 1º DP (Distrito Policial) de Campos do Jordão. De acordo com investigadores, os criminosos fugiram em ao menos seis carros diferentes: Santa Fé, Hilux, Corolla, Land Rover, Volvo e Parati.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública afirma que o Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) também apoia as investigações feitas pelo 1º DP para identificar os autores dos furtos.

Dentro das agências, policiais encontraram cápsulas deflagradas de fuzil. Segundo a PM, não há registro de confronto entre policiais e criminosos. A suspeita da Polícia Civil é de que, além de possíveis dinamites, os criminosos tenham atirado contra os caixas.

Quando ocorrem explosões seguidas de assaltos a caixas eletrônicos em São Paulo, os criminosos costumam usar armamento de grosso calibre para intimidar as forças policiais e têm estratégia bem estabelecida para chegar e sair do local sem serem pegos.

Desta vez, conseguiram fugir realizando uma barreira com três carros no túnel do km 31 da Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiros (SP 123). Os veículos foram deixados incendiados e atravessados na via para impedir a chegada da polícia. A via ficou interditada até perto das 7h da manhã deste sábado. 

A suspeita é de que os criminosos fugiram pela rodovia Monteiro Lobato, que liga a cidade de São José dos Campos até o sul de Minas Gerais. Não se sabe se eles fugiram para o interior de São Paulo ou para Minas.

Segundo investigadores, participaram do crime cerca de 15 homens —todos usavam coletes à prova de balas.

Moradores da cidade chegaram a gravar em vídeo a fuga dos criminosos. Imagens de câmeras de segurança de rodovias podem ajudar a polícia a encontrar o paradeiro deles.

Carro-forte

No domingo (23), uma tentativa de assalto a um carro-forte terminou em tiroteio e deixou um vigilante ferido e um assaltante morto, no hipermercado Extra do km 13 da rodovia Raposo Tavares (zona oeste). Houve correria e tumulto, mas nenhum cliente se machucou.

Segundo policiais, os criminosos, munidos de fuzis, abordaram os vigilantes do carro-forte já dentro do hipermercado. Assim, teve início o tiroteio, por volta das 12h15.

Um ladrão foi morto na troca de tiros e um vigilante do carro-forte foi atingido no quadril e levado a um hospital. Pelo menos três assaltantes conseguiram fugir com carros de clientes que estavam no estacionamento. 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.