Descrição de chapéu Agora

Radar novo em túnel do Ibirapuera é o campeão de multas por velocidade em SP

Aparelho foi instalado após o registro de rachas e acidentes em túneis como o Ayrton Senna

Túnel Ayrton Senna, em São Paulo

Túnel Ayrton Senna, em São Paulo Marcelo Justo - 23.abr.2018/Folhapress

William Cardoso
São Paulo | Agora

Um radar instalado em julho do ano passado no túnel Ayrton Senna, sob o parque Ibirapuera (zona sul), assumiu a liderança no número de multas aplicadas por meio eletrônico na capital.

Segundo a prefeitura, sob a gestão Bruno Covas (PSDB), foram cometidas no local 58.938 por excesso de velocidade em apenas quatro meses.

Antes, o radar que mais multava era o da avenida dos Bandeirantes, próximo à avenida Washington Luiz, em Campo Belo (zona sul).

Entre julho e outubro (último mês disponível para consulta), o radar, que fica 451 metros antes da saída do túnel, registrou uma multa por excesso de velocidade a cada três minutos, em média.

Logo na entrada do túnel, o motorista pode avistar faixa informando que, desde julho, há fiscalização eletrônica (velocidade máxima 50 km/h). Em direção à av. Juscelino Kubitschek, há cinco pontos com placas nas duas paredes do túnel e marcação de solo indicando o limite.

Apesar disso, foram 40.296 multas por transitar em até 20% acima do permitido, 14.229 por velocidade entre 20% e 50% acima do permitido e 3.630 por mais que 50%. Foram também 783 autuações por rodízio.

Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), são 47 mil veículos por dia no local, em média. Entre 2012 e 2017, foram registrados 58 acidentes no túnel e, nos dois meses seguintes à instalação do radar, apenas um, não relacionado com excesso de velocidade.

A CET diz ainda que, entre julho e outubro, 138 km/h foi a maior velocidade flagrada no local. Em abril passado, reportagem mostrou que motoristas apostavam corrida em três túneis da capital (Ayrton Senna, Fernando Vieira de Melo e Max Feffer). Havia apenas câmeras. 

Os rachas são normalmente combinados em redes sociais ou por meio de celulares, de modo a driblar a polícia, embora também ocorram intempestivamente. Uma acelerada ou uma cantada de pneu são senhas quando racheiros se cruzam. ​

O Código Brasileiro de Trânsito estabelece multa de R$ 2.934,70 para quem é flagrado numa corrida de rua, bem como prevê a suspensão do direito de dirigir e a apreensão do veículo. ​

Na época a gestão municipal afirmou que instalaria os radares nos túneis para coibir a prática. Com a instalação, o do Ibirapuera já aparece como o que mais registra infrações na cidade. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.