Descrição de chapéu Obituário Maria da Anunciação Rodrigues Moreira (1926 - 2019)

Mortes: Fazia três aniversários por ano para reunir os amigos

Sãozinha cruzou o Atlântico para construir vida no Rio de Janeiro

Thiago Amâncio
São Paulo

Maria da Anunciação fez tantos amigos no Brasil que, para comemorar seu aniversário, precisava organizar três festas: uma para os amigos mais íntimos, uma para os amigos da igreja e outra para os amigos da academia.

Embora nunca tenha perdido o sotaque português —pontuava suas frases com o característico “pois” lusitano—, Sãozinha, como os mais próximos a chamavam, se adaptou bem à vida no Rio de Janeiro.

Maria da Anunciação Rodrigues Moreira (1926-2019)
Maria da Anunciação Rodrigues Moreira (1926-2019) - Arquivo pessoal

Cruzar o Atlântico e começar uma vida nova no Brasil, claro, não foi fácil. Mario, seu marido, foi convocado para o exército português nas guerras de independência das colônias africanas e, para evitar o alistamento, mudou-se para o Brasil, primeiro sozinho, até que se estabelecesse no país.

Um ano e meio depois, com o marido a trabalhar numa padaria, veio Sãozinha.

Deixar a confortável vida no povoado (ou aldeia, como chamam os portugueses) de Levira, no começo, foi um choque. Se lá ela lavava roupas na vastidão de um rio, agora o trabalho era feito num pequeno tanque nos fundos de uma casa que dividia com outra família. E só havia um quarto para o casal e os dois filhos, separado por uma cortina.

Mas a situação foi melhorando: Mario abriu sua própria padaria, depois restaurante, bar, lanchonete e mercearia, sempre acompanhado da mulher.

Em 1983 veio o grande baque: o marido foi morto por assaltantes na porta de sua casa. Mas superou a depressão e, já idosa, passou a frequentar excursões e conhecer o interior do país, aumentando ainda mais o ciclo de amizades.

Internada por uma infecção urinária, morreu no dia 31, aos 92 anos. Deixa três filhos, cinco netos e bisnetos. Uma missa em sua homenagem acontece neste sábado (8), na paróquia de São Sebastião e Santa Cecília, no Rio, às 17h.

coluna.obituario@grupofolha.com.br

Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missas​​

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.