Descrição de chapéu Obituário Eduardo de Souza Bonadia (1962 - 2020)

Mortes: Pioneiro da imprensa heavy metal, viveu e amou o rock

Eduardo de Souza Bonadia foi co-fundador da revista brasileira Heavy Metal Magazine Rock Brigade

São Paulo

O emprego como servidor público nunca tocou o coração de Eduardo de Souza Bonadia. A trilha sonora que deu vida ao desejo de ser redator era o heavy metal. 

No começo dos anos 1980, o casamento das duas paixões, a escrita e o rock, resultou no privilégio de se transformar em um dos precursores da imprensa heavy metal no Brasil.

No início, Eduardo apostou nas fanzines, que faziam sucesso entre os adolescentes. Os textos eram datilografados na máquina de escrever e xerocados para que as publicações fossem montadas e enviadas pelo correio aos fãs do gênero musical, conta a esposa, a cantora lírica Rívia Dalva Bonadia, 48. 

Eduardo de Souza Bonadia (1962-2019) e Antonio Pirani
Eduardo de Souza Bonadia (1962-2019) e Antonio Pirani - Arquivo pessoal

Mais tarde, Eduardo criou a própria revista, a Strike Rock Magazine, e foi co-fundador da revista brasileira Heavy Metal Magazine Rock Brigade. 

Viciado em rock, atualmente trabalhava em outras criações: o StrikeCanal, no YouTube, e na produção e apresentação de programas para uma WebRádio.

Em 2001, o destino foi harmônico. Eduardo e Rívia se conheceram na Galeria do Rock, no centro de São Paulo. Primeiro, ficaram amigos; depois, se apaixonaram e o casamento foi inevitável. 

Rívia ficou com a missão de cuidar dos 12 filhos do casal (11 gatos e um cachorro), além do acervo roqueiro de mais de 2.000 itens como CDs, DVDs e biografias. 

"Ele era um amigo fiel. Amava os animais. Ajudava ONGs de proteção animal e entidades que amparam deficientes. Eduardo quase se tornou cadeirante devido a um assalto, tanto que tinha uma bala alojada na coluna" relata Rívia.

Eduardo de Souza Bonadia morreu dia 5 de janeiro, aos 57 anos, de câncer no pâncreas. Deixa esposa.

coluna.obituario@grupofolha.com.br
 
Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missa

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.