Descrição de chapéu Obituário Edevidio Bussadore (1934 - 2020)

Mortes: Empresário, temperou a vida com pimenta, humor e caridade

Edevidio Bussadore foi empresário gráfico e dono de um jornal no interior paulista

São Paulo

Edevidio Bussadore não tinha apenas vontade de vencer na vida, mas muita disposição.

Nascido no bairro Itagaçaba, em Taquaritinga (334 km de SP), era o mais velho de seis filhos. Quando o pai morreu, o irmão caçula ainda não tinha nascido. Edevidio assumiu a posição de pai e cuidou de todos.

Fez o primário quando morava em Jurupema, distrito de Taquaritinga. Para frequentar a escola, caminhava 22 km por dia.

Moço, arrumou emprego num jornal da cidade. Sua dedicação chamou a atenção de um tio, que o ajudou financeiramente para comprar uma gráfica, que existe até hoje e está em poder da família há 66 anos.

Edevidio Bussadore (1934-2020)
Edevidio Bussadore (1934-2020) - Arquivo pessoal

Depois da gráfica, Edevidio adquiriu um periódico chamado Nosso Jornal, que manteve por 50 anos.

Um dos filhos, o empresário gráfico Mauro Henrique Bussadore, 58, diz que seu pai nunca tirou férias.

Além de determinado, sempre foi habilidoso, proativo, sério e competente. “Ele parecia duas pessoas diferentes, uma dentro e outra fora do trabalho. Da porta para fora da gráfica, era divertido e fazia amizade com todo mundo”, conta Mauro.

“Sincero, mandava de primeira o que pensava, da canela para cima, e ao mesmo tempo fazia da ironia uma forma superior de inteligência”, diz o amigo e ex-funcionário Nilton Morcelli”.

Edevidio era puro humor. Como lateral-esquerdo no time Esplanada, adorava aprontar entre os amigos.

Antes do pontapé inicial de cada jogo, pediam alguns minutos de silêncio em memória de algum conhecido que acabavam de matar propositalmente. A brincadeira incluía até distribuição de santinhos impressos. "Nem o então prefeito de Taquaritinga, Adail Nunes da Silva, escapou da piada”, conta Mauro.

Católico exemplar, encarou os desafios impostos pela vida com generosidade e fé. Foi vicentino e presidiu o asilo São Vicente de Paulo.

Edevidio Bussadore morreu dia 19 de abril, aos 86 anos, de parada cardíaca. Levou consigo a camisa do Palmeiras, seu time do coração. Deixa esposa, três filhos e quatro netos.

coluna.obituario@grupofolha.com.br

Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missa

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.