Descrição de chapéu Coronavírus

Oficial do Exército morre vítima do coronavírus no AM

Péricles Ferreira de Lima, 46, era tenente-coronel e tinha quadro de asma

Manaus

O tenente-coronel do Exército Péricles Ferreira de Lima, 46, morreu na tarde desta terça-feira (7), em Manaus, em decorrência do novo coronavírus. Ele estava internado havia 11 dias no hospital público Delphina Aziz, referência para tratamento de Covid-19 no estado do Amazonas.

O oficial servia na 2ª Brigada de Infantaria de Selva, em São Gabriel da Cachoeira (AM), na fronteira com Venezuela e Colômbia, desde novembro de 2018. Ele tinha quadro de asma, obesidade, triglicerídeos e hipertensão arterial.

Até quarta-feira (8), 30 pessoas morreram no Amazonas em decorrência do novo coronavírus. Com 804 registros, é o estado com maior incidência da doença no país: 19,1 casos por 100 mil habitantes. A média nacional é de 7,5 por 100 mil.

Homem sorrindo posa para foto
O tenente-coronel do Exército Péricles Ferreira de Lima, 46, morreu em decorrência do coronavírus - Reprodução/Facebook

Natural de São João da Boa Vista (SP), Ferreira "comia livros e mais livros pra prestar concurso e entrar para o Exército”, escreveu um amigo de infância, o empresário João Paulo Azarias, em homenagem no Facebook. “Conseguiu!”

Em 1996, Lima se formou na Academia Militar das Agulhas Negras, a instituição de ensino superior do Exército responsável pela formação de oficiais.

"O menino humilde e simples cresceu e foi embora, serviu em muitos estados do nosso Brasil, foi estudando e subindo, subindo, subindo”, escreveu Azarias. “E chegando até aqui, no cargo de tenente-coronel do Exército, servindo e comandando no Amazonas, onde ainda neste ano, se aposentaria com um dos graus máximos do Exército.”

Outra amiga de infância, a administradora Cláudia Ribeiro, escreveu, entre diversas outras mensagens de pêsames: "Quando rostos conhecidos passarem a ser números, será que as pessoas vão deixar de achar que é uma gripezinha? Que quem é do Exército não pega? (…) Estudou comigo no colegial, foi ao meu casamento, e hoje é mais um número.”

Em nota, a 2ª Brigada de Infantaria de Selva lamentou a morte do tenente-coronel e disse que a sua família está recebendo apoio psicológico e espiritual. Lima deixa mulher e dois filhos.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.