Descrição de chapéu Coronavírus

Papuda tem cem infectados com coronavírus, diz Secretaria de Segurança Pública

Pasta informou que 71 presos e 29 agentes penais contraíram o vírus; dois deles já se recuperaram

Brasília

O Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal, registrou cem casos de infecção pelo novo coronavírus, informou a Secretaria de Segurança Pública.

Em seu mais recente boletim, divulgado na noite de segunda-feira (20), a pasta informou que 71 presos e 29 agentes penais contraíram o vírus. Desse total, um detento e um agente já se recuperaram da doença.

"Todos os confirmados para a doença apresentaram sintomas leves. Destacamos que parte dos que testaram positivo ainda aguarda a contraprova, ou seja, os números podem sofrer alterações nos próximos levantamentos", informou a pasta no boletim.

Pátio para banho de sol no Complexo da Papuda (DF)
Pátio para banho de sol no Complexo da Papuda (DF) - Folhapress

A secretaria também afirma que oito dos presos infectados receberam diagnóstico de Covid-19 assim que chegaram ao sistema, na quarta-feira da semana passada (15). Eles foram colocados em isolamento.

Há uma semana, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, afirmou que um único preso no Distrito Federal, por conta da identificação tardia da Covid-19, acabou infectando outros 20 detentos do sistema.

O balanço da Secretaria de Segurança Pública, no entanto, contrasta com o divulgado pela Secretaria de Saúde do governo do Distrito Federal.

Seu recente boletim, divulgado na mesma data (20), informava que 85 detentos haviam sido infectados pelo novo coronavírus. O número corresponde a 10,5% de todos os casos confirmados no Distrito Federal. A Secretaria de Saúde registrou um total de 875 casos da Covid-19.

O Distrito Federal foi a primeira unidade da federação a decretar um distanciamento social amplo, fechando comércio, indústria e escolas. Uma parte dessas atividades econômicas está programada deve ser retomada a partir de 3 de maio.

Nesta terça-feira (21), começaram em Brasília e em Águas Claras testes em massa para detectar casos do novo coronavírus. Serão realizados 100 mil testes inicialmente, equivalentes a cerca de 5% da população.

De acordo com o governador Ibaneis Rocha (MDB), esses testes vão continuar a ser feitos ao longo do mês de maio para embasar futuras decisões de retomada das atividades, em especial em relação às escolas, que permanecerão fechadas.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.