iFood destina R$ 25 milhões em iniciativas de apoio a entregadores

Empresa estende auxílio e vai dobrar gorjetas em junho

São Paulo

Diante dos desdobramentos da pandemia no Brasil, o iFood decidiu ampliar as medidas de proteção para os entregadores que utilizam a plataforma.

A empresa se compromete a destinar, até o final de junho, R$ 25 milhões à extensão do plano de benefícios em saúde, além de dobrar as gorjetas recebidas durante todo o mês.

Com as novas medidas, o Fundo Solidário, destinado aos entregadores que apresentam sintomas da Covid-19, passa a oferecer auxílio financeiro por 28 dias, calculado com base nos repasses do último mês.

Também foi estendido o Fundo de Proteção, destinado a quem vive com familiares que integram o grupo de risco do coronavírus. Até o final de dezembro, os entregadores que derem entrada neste fundo recebem um valor com base nos repasses dos 30 últimos dias e ainda têm o montante total dobrado.

Pelo esforço e suporte contínuo que os entregadores têm oferecido à sociedade neste momento, a empresa decidiu dobrar mais uma vez toda as gorjetas dadas pelos consumidores. Ao longo do mês de junho, os valores serão repassados semanalmente, e a expectativa é de ultrapassar a marca dos R$ 2,5 milhões que, ao ser dobrada, deve chegar a R$ 5 milhões.

Desde março, a empresa vem implantando outras medidas voltadas a entregadores, como a distribuição de kits de higiene com álcool em gel, máscaras reutilizáveis e materiais informativos; a disponibilização gratuita de um plano de vantagens em serviços de saúde AVUS para todos os profissionais de entrega cadastrados em sua plataforma; seguro de vida e a ampliação do Delivery de Vantagens, programa de benefícios exclusivo com descontos em serviços e produtos.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.