Descrição de chapéu
Marli Pereira da Silva

Muitação: orientando jovens da adversidade à oportunidade

Marli Pereira da Silva

Coordenadora geral do programa Muitação do Ecosocial.

Muitação - Construindo meu lugar no Mundo é um programa para fortalecer a autoestima, desenvolver autoconfiança e despertar no jovem o repertório de cidadania e protagonismo para construir seu lugar no mundo.

Destinado a jovens de 16 a 21 anos em situação de vulnerabilidade, principalmente os que vivem em regiões com menos recursos educacionais, culturais e econômicos. É um programa do EcoSocial e dele provém o aporte técnico e financeiro.

O EcoSocial é uma rede consolidada de profissionais que atua no desenvolvimento humano e organizacional, compartilhando os princípios e o propósito inspirados pela Ecologia Social e a Antroposofia.

Programa Muitação orienta jovens em situação de vulnerabilidade a desenvolver suas habilidades e trabalhar em equipe
Programa Muitação orienta jovens em situação de vulnerabilidade a desenvolver suas habilidades e trabalhar em equipe - Divulgação

O Muitação teve sua origem no programa “Enfrentando o Futuro com Coragem”, lançado em 1998 na África do Sul pós-apartheid. Foi idealizado por David Liknaitzky para apoiar jovens negros no resgate da autoestima e no ingresso ao mercado de trabalho.

A atuação do jovem passa por um olhar para dentro de si —o que ele quer ser— e o olhar para fora —o que ele pode fazer. O conhecimento de si e do seu potencial possibilita ao jovem fazer escolhas conscientemente e sentir-se forte para enfrentar as adversidades com coragem e determinação.

Os objetivos do programa são: estimular mudanças de comportamento, atitudes empreendedoras, engajamento e comprometimento no seu trabalho diário, ter clareza e ampliar as suas habilidades e talentos, adquirir segurança para fazer escolhas, expressar assertivamente, desenvolver suas habilidades para trabalhar em grupo, preparar-se para os ambientes corporativos e fortalecer sua vontade de aprender.

O Programa Muitação olha para o futuro do jovem e está alicerçado em três pilares: admiração pelo mundo, abertura para novos aprendizados e inspirações; compaixão, cuidado e apoio consigo mesmo e com o outro; consciência moral, responsabilidade moral por todas as suas ações.

Estes valores estão presentes nas relações entre os jovens, facilitadores e o grupo e permeiam todo o processo de formação. É composto de nove módulos, ao longo de dez dias, com intervalo no final de semana, totalizando 84 horas

Programa Muitação orienta jovens em situação de vulnerabilidade a desenvolver suas habilidades e trabalhar em equipe
Programa Muitação orienta jovens em situação de vulnerabilidade a desenvolver suas habilidades e trabalhar em equipe - Divulgação

A aprendizagem é pelo caminho da descoberta e da experiência, permitindo aos jovens uma gama de vivências. Embora tenha um conteúdo a ser seguido, o programa segue as necessidades do grupo de forma participativa e interativa, desafiando o grupo a se responsabilizar por seu próprio aprendizado e crescimento.

Outra dimensão do programa é desenvolver o olhar apreciativo: aprender a ver todas as coisas sob novo prisma, de forma apreciativa e propositiva.

No contato com o jovem em situação de vulnerabilidade, fica ainda mais evidente a necessidade de alguém que possa escutá-lo, que o aceite como ele é e acredite no seu potencial. Do ponto de vista social, o jovem passa a enxergar oportunidades, novas descobertas e aprendizagens, além de novas possibilidades de atuação.

É visível a mudança de postura do jovem durante o programa, no cuidar de si, na vontade de aprender e a pensar em seu futuro. Dos jovens que mantêm contato conosco, 85% dos formados continuaram seus estudos e/ou iniciaram uma atividade remunerada, inclusive empreendendo em pequenos negócios como oficina de informática, blog esportivo, artes plásticas, atividades comunitárias. O mais gratificante é que temos quatro jovens em formação para serem futuros facilitadores do Muitação.

O Programa Muitação está atrelado aos ODSs (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) 4 e 10 da ONU. São elas educação de qualidade e redução das desigualdades, respectivamente.

Desde 2012, tivemos 31 turmas, do Rio Grande do Sul ao Amazonas, e formamos aproximadamente 760 jovens. O programa tem como estratégia trabalhar com a diversidade compondo as turmas com jovens provenientes diferentes classes sociais e culturas para uma formação cidadã e humana.

Hoje, o Muitação conta com quatro coordenadores, 12 facilitadores, estagiários e, para nossa alegria e dos jovens, contamos com o apoio do embaixador Roger Machado, técnico do Esporte Clube Bahia.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.