UniãoBR articula doação de seis usinas de oxigênio para suprir 90 leitos de UTI no Amazonas

Movimento concorre na Escolha do Leitor em que público poderá, além de votar em suas preferidas, doar para ações de enfrentamento à Covid-19

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Seis usinas de oxigênio foram doadas a hospitais públicos do Amazonas pelo movimento UniãoBR em março. Os equipamentos substituem os cilindros e podem atender até 90 leitos de UTI ininterruptamente.

“É como se fosse um gerador de luz”, explica Tatiana Monteiro de Barros, 39, uma das fundadoras do movimento de voluntários que atua em 23 estados. As usinas são centrais de distribuição de oxigênio e de ar comprimido que dão estabilidade a pacientes com insuficiência respiratória.

Diante da falta de cilindros na região, colapsada pelo coronavírus, a UniãoBR articulou parcerias com 20 empresas e entidades para levar usinas às cidades de Alvarães, Santo Antônio do Içá, Codajás, Tapauá, Apuí e Urucará. O valor total arrecadado foi de R$ 2 milhões.

“Fizemos um estudo relacionando a quantidade de hospitais e a capacidade dos leitos e chegamos a essas seis usinas”, afirma Tatiana. A Força Aérea Brasileira e a Marinha Brasileira transportaram as usinas até as cidades. “Algumas demoraram 12 dias de barco”.

A UniãoBR foi um dos destaques no Prêmio Empreendedor Social do Ano em Resposta à Covid-19. O movimento nascido no Whatsapp acumula números grandiosos que refletem a atuação nacional.

Em 2020, foram 35 milhões de EPIs e 16 milhões de máscaras doadas, mais 5 milhões de cestas básicas distribuídas, impactando quase 9 milhões de pessoas. São 3.000 voluntários espalhados em todos os estados. “Ter uma base com pessoas de confiança faz toda a diferença”, diz a administradora.

Atuando como um “hub de emergência”, o movimento recebe demandas de todas as ordens, de instituições e secretarias a pessoas sem emprego há muito tempo.

“Em todos os estados temos muito mais pedidos e isso nos deixa angustiadas”, diz Tatiana, que procura atender ao maior número de pedidos. Apesar do sentimento, foi um alívio mobilizar as usinas de oxigênio. “Passamos o final do ano fazendo isso, batemos em muitas portas e deu certo”, diz.

Outra frente da UniãoBR se dedica à distribuição de alimentos com foco em comunidades vulneráveis, organizações sociais e creches. “Conseguimos 80 toneladas de proteína doadas para Minas Gerais e Goiás”.

Como finalista na categoria Ajuda Humanitária do prêmio, a UniãoBR vai à votação popular, concorrendo com outras nove iniciativas na Escolha do Leitor.

O público poderá eleger seu finalista favorito em cada uma das categorias ao longo de três meses, em formato inovador no qual a enquete, no site da Folha, torna-se também plataforma de doação.

COMO VOTAR NA ESCOLHA DO LEITOR

Passo 1 Acesse folha.com/escolhadoleitor2021 e escolha a iniciativa que mais fez seus olhos brilharem

Passo 2 Clique no botão "Quero votar" e aguarde a confirmação

Passo 3 Faça uma doação para uma delas clicando em "Doar agora"

Passo 4 Preencha seus dados, valor da doação e clique em "Enviar"

Os vencedores da Escolha do Leitor, tanto os recordistas de votos quanto os líderes na captação de doações, serão anunciados em um dos eventos de comemoração aos 100 anos do jornal ao longo de 2021.

A premiação foi significativa para o movimento, que nasceu há apenas um ano. “É uma chancela para mostrar que nosso trabalho é sério e para trazer mais gente que possa ajudar”, diz Tatiana. As doações obtidas na Escolha do Leitor serão divididas entre todos os estados.​

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.