Pesquisa mapeia histórias ao redor do planeta durante pandemia para levar à ONU

Relatório do Povo, promovido pelo movimento Catalyst 2030, tem formato gamificado e traduzido para mais de 40 idiomas

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O Catalyst 2030, coalizão global que busca criar condições de acelerar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, promove pesquisa para mapear realidades diversas ao redor do planeta desde o início da pandemia. Traduzido para 43 idiomas, o Relatório do Povo ("People's Report") usará os dados compilados como catalisadores de discussão, representação e tomada de decisão na Assembleia Geral da ONU, em setembro deste ano.

A pesquisa tem formato gamificado, criado em colaboração com as organizações Play Verto e Social Progress Imperative. As 11 perguntas são embaladas pelo tema “Quão únicas são nossas histórias? O que podemos fazer se estivermos juntos?"

card verde escrito Qual a sua história, logo abaixo um computador e mais abaixo escrito o relatório do povo e uma hashtag
Relatório do Povo, promovido pelo movimento Catalyst 2030, mapeia histórias ao redor do planeta para levar à ONU - Reprodução / Catalyst 2030

Segundo o Catalyst 2030, o Relatório do Povo "permite que pessoas de todas as esferas façam sua parte para responsabilizar os líderes mundiais por mudar a realidade daqueles frequentemente deixados para trás."

Acesso a saneamento básico, nível de segurança alimentar, clima e impactos da crise sanitária são algumas das questões de múltipla escolha. Para participar da pesquisa, basta acessar o site e selecionar o idioma. As respostas são anonimizadas e, ao final do questionário, é possível ver um balanço dos resultados.

O objetivo é alcançar 100 mil participantes, "especialmente aqueles que raramente têm sua voz representada para líderes globais" e manter o levantamento anual durante os próximos nove anos.

Lançado no Fórum Econômico Mundial em janeiro de 2020, o Catalyst 2030 abrange mais de 500 empreendedores sociais de destaque que atuam em pelo menos 180 países e impactam a vida de dois bilhões de pessoas.

O capítulo brasileiro do movimento foi lançado em março, na presença de mais de 200 líderes do setor social do país.

Trocar conhecimento, otimizar o financiamento e influenciar políticas públicas são alguns dos pilares do Catalyst 2030 Brasil, articulação nascida em novembro de 2019 durante Workshop de Impacto Colaborativo realizado pela Folha e pela Fundação Schwab para marcar os 15 anos do Prêmio Empreendedor Social no país, que se somou ao movimento global puxado pelas principais rede de empreendedorismo social do mundo.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.