Descrição de chapéu Coronavírus

São Paulo tem 4ª morte pelo novo coronavírus, e Brasil tem 428 casos da doença

A primeira morte foi registrada na terça (17); as quatro vítimas eram homens idosos

São Paulo

O estado de São Paulo registrou, nesta quarta (18), a quarta morte pelo novo coronavírus. Mais cedo, duas outras mortes haviam sido anunciadas. No Brasil, o número de casos confirmados subiu de 291 para 428, segundo o Ministério da Saúde.

A morte divulgada no fim da tarde é de um homem de 85 anos da capital paulista. Ao todo, três mortes foram anunciadas na cidade hoje.

Os dois primeiros pacientes mortos confirmados mais cedo tinham 65 e 81 anos e estavam internados na UTI do Hospital Sancta Maggiore, da rede Prevent Senior, operadora de saúde para idosos, desde o dia 15 de março.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, os quatros homens que morreram até o momento tinham comorbidades associadas. A Prevent Senior, porém, diz que um deles não tinha outros problemas de saúde.

A operadora tem oito dos seus colaboradores internados na UTI por causa da Covid-19.

A primeira morte do estado e do país foi confirmada na terça (17). A vítima era um homem de 62 anos que tinha diabetes e hipertensão. O paciente morreu na segunda (16) e a confirmação da ligação com a Covid-19 veio somente após a morte. Ele não tinha histórico de viagem para o exterior.

Como adiantado pela coluna da Mônica Bergamo ainda nesta quarta, a Prefeitura de São Paulo decidiu investigar a rede Prevent Senior por não ter avisado que a doença que causou a primeira morte no país havia sido confirmada em um de seus pacientes, como manda a lei.

Quatro familiares que moravam na mesma casa que o porteiro aposentado Manoel Messias Freitas Filho, 62 anos, primeira paciente morto pelo coronavírus no Brasil, estão internados com sintomas da doença, afirma o advogado da família Roberto Domingues Júnior .

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.