Descrição de chapéu Colunista em casa

Flávia Lima sugere livro sobre o passado colonial para a quarentena

Ombudsman recomenda também série sobre o submundo LGBT nos anos 1980

Diariamente, durante a crise do coronavírus, um colunista ou um blogueiro da Folha indica sugestões para o período de quarentena, como livros, filmes, séries, entre outras opções.

Confira abaixo as recomendações da ombudsman da Folha, Flavia Lima.

Acompanhe todas as dicas dos colunistas aqui.

Para ler

Caderno de Memórias Coloniais

A moçambicana Isabela Figueiredo faz uma lúcida crítica ao passado colonial, mirando sobretudo as pessoas (e o lugar) que mais amou —portanto, olhando para si mesma. Demolir os próprios castelos não é para qualquer um. A autora mostra que tem coragem e sensibilidade para tanto.

Ed. Todavia, 2018. R$ 38 (184 págs.). Kindle R$ 25.

Para ver

Pose

A atriz e modelo trans Dominique Jackson, nascida em Trinidad e Tobago, em cena da nova série ‘Pose’ 
A atriz e modelo trans Dominique Jackson, nascida em Trinidad e Tobago, em cena da série ‘Pose’  - Divulgação

Uma epidemia, muito preconceito e todo tipo de precariedade —está tudo lá, em "Pose". A série disponível na Netflix retrata (sim, com glamour) o submundo gay e transexual negro de Nova York na década de 1980. Solidariedade? Há aos montes e sem truques.

Série. Fox, 2018. 7h30

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.