Descrição de chapéu Coronavírus

Estado de SP inicia teste de Covid-19 em internos da Fundação Casa e asilos

Plataforma de testagem amplia capacidade de mil para oito mil testes diários

São Paulo

Dentro da estratégia ampliada de testes para covid-19, o governo estadual começou a testar funcionários da saúde, internos da Fundação Casa e asilos.

No total, serão testados 12 mil funcionários do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto e 20 mil do HC-SP, 4.800 internos de 138 unidades da Fundação Casa e a população de 552 asilos.

Segundo Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan e membro do Centro de Contingência do Coronavírus, já foram realizados 90.000 testes rápidos, sendo 70.000 na coorte da Segurança Pública (policiais civis, militares, bombeiros e seus familiares). Do total, 20% demonstraram ter tido contato com o vírus e adquiriram imunidade.

O governo do estado pretende testar também doadores de sangue e quem apresentou sintomas leves de gripe. "O estado de São Paulo é o que mais testa e chegará aos níveis de testagem de outros países, como Itália e Espanha", diz Covas.

A ampliação da estratégia de testagem da população proporcionará obter uma melhor dimensão da curva de infecções, o que será fundamental para a tomada de decisões no enfrentamento da pandemia.

Covas afirmou que o estado aumentou a capacidade de realização de testes para diagnóstico de Covid-19 de mil, no início de abril, para oito mil por dia, seja o RT-PCR, que identifica a presença do vírus, ou o teste rápido, que aponta a presença de anticorpos do vírus no sangue.

O estado de São Paulo chegou a 8.561 mortos por Covid-19 nesta quinta-feira (4), um aumento de 3,4% em relação ao dia anterior, quando somou 8.276. No período, houve 285 novas mortes.

Em relação aos casos, há 129.200 infectados, 4,4% a mais que o registrado na quarta (3), quando foram confirmados 123.483.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI continuam altas, mas estáveis, com 71,4% no estado e 82,4% na Grande São Paulo.

O estado abriu mais 61 novos leitos de UTI. Destes, oito foram implantados em Votuporanga (521 km de SP) e 43 na Grande SP.

Até esta quinta, 7.670 pacientes com confirmação ou suspeita da doença estão internados nas enfermarias e 4.799 em UTIs.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.