Descrição de chapéu Coronavírus

Ministério da Saúde confirma caso de reinfecção pela nova variante do coronavírus no AM

Foram notificados no país dois casos de reinfecção por nova variante do Sars-CoV-2

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Brasília

O Ministério da Saúde confirmou um caso de reinfecção pela nova variante do coronavírus no Amazonas. A descoberta foi feita pela Fiocruz em uma mulher de 29 anos com sintomas leves de Covid-19.

Para confirmar a reinfecção, é preciso fazer uma análise do genoma dos dois vírus e comparar a sequência do RNA —molécula “prima” do DNA, com uma única fita— para ver se são de fato duas linhagens diferentes.

A análise realizada mostrou um padrão de mutações compatível com a variante do vírus Sars-CoV-2, identificada recentemente pelo Ministério da Saúde do Japão, mas de origem no Amazonas.

A variante encontrada pelo Japão possui 12 mutações, sendo que uma delas é a mesma encontrada em variantes já identificadas no Reino Unido e na África do Sul, o que implica em maior potencial de transmissão do vírus.

Segundo o Ministério da Saúde, a nova variante foi encontrada pela Fiocruz no dia 12 de janeiro, e a pasta foi notificada no dia seguinte pelo estado do Amazonas.

A mulher foi diagnosticada com a infecção pela primeira vez em 24 de março, e no dia 30 de dezembro, nove meses depois, obteve o segundo diagnóstico positivo da Covid-19 pelo exame RT-PCR.

A pasta informou ainda que a informação foi compartilhada, como parte da rotina da vigilância epidemiológica, com a Opas (Organização Pan-Americana da Saúde) e com a Cievs (Rede do Centro de Informações Estratégicas e Resposta em Vigilância em Saúde).

“O Ministério da Saúde recomendou aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios o contínuo fortalecimento das atividades de controle da Covid-19, a ampliação do sequenciamento de rotina dos vírus Sars-CoV-2 , a investigação de surtos e o rastreamento de contatos de todo caso de Covid-19”, disse em nota.

No Brasil, foi notificados até o momento, outro casos de reinfecção por nova variante do Sars-CoV-2, no estado da Bahia e que segue em investigação pelo Ministério da Saúde.

Ele foi identificado por pesquisadores do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (Idor) em exames clínicos de uma mulher de 45 anos que teve duas infecções distintas pelo coronavírus: uma em 20 de maio e outra em 26 de outubro, com sintomas mais severos.

A variante encontrada, chamada B.1.1.248, identificada originalmente na África do Sul, possui a mutação E484K, que tem sido associada a um chamado "escape imunológico" ou uma maior dificuldade de ação dos anticorpos neutralizantes contra o vírus.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.